“Foice e martelo são do século 19”, diz Flávio Dino no SBT

Compartilhe agora

O governador do Maranhão, Flávio Dino (MOVI65/PC do B), em entrevista concedida ao programa Poder em Foco, parceria entre o portal Poder360 e o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), que foi ao ar neste domingo (1), confirmou que a legenda passará por reformulações e deve tirar o comunista do nome.

Flávio Dino, filiado ao partido desde 2006, informou que o PCdoB passará por reformulações em sua identidade visual, com alterações no nome e no símbolo da legenda. Para ele, “os atuais símbolos, a foice e o martelo, são do século 19”.

“Temos outras formas do trabalho que têm de estar representadas. Então é um processo em curso. Muito provavelmente haverá algum desfecho como outros países já fizeram no planeta, inclusive, no Brasil”, disse em entrevista ao jornalista Fernando Rodrigues, apresentador do programa Poder em Foco.

Na entrevista, o governador maranhense voltou a defender a tese da “frente ampla”, uma união dos partidos de esquerda com legendas de centro-direita para enfrentar o governo Bolsonaro. Dino declarou que sua intenção é buscar a conciliação com “várias correntes políticas”, inclusive, “as liberais”.

LEIA TAMBÉM:

Internautas não dão refresco e #BolsonaroChifrudo sobe no Twitter

Maranhão: PSTU aciona Justiça contra despejo de moradores do Cajueiro pelo governo Flávio Dino

Em nota, Bancada do PT manifesta solidariedade a Gleisi Hoffmann

Nos últimos meses, Dino, além de impulsionar a criação do Movimento 65, a nova roupagem do PCdoB, tem estabelecido pontes de diálogos com o ex-presidente Fernando Herinque Cardoso (PSDB), com o apresentador da Rede Globo Luciano Huck e Eduardo Leite (PSDB), governador do Rio Grande do Sul.

*As informações são Poder360