Bolsonaro libera cultos religiosos do isolamento anti-coronavírus

Publicado em 26 março, 2020
Compartilhe agora!
O presidente Jair Bolsonaro ignorou os apelos de autoridades sanitárias no combate ao coronavírus e afrouxou as regras de isolamento para cultos religiosos e casas lotéricas.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afrouxou as regras do isolamento para os cultos religiosos e casas lotéricas, ao incluir essas duas atividades no rol de serviços essenciais e que não podem ser interrompidos durante o combate ao coronavírus.

O decreto de Bolsonaro pulicado nesta quinta-feira (26) atualiza a lista de serviços essenciais que foi publicada em 20 de março.

O novo decreto estabelece que fica proibida “a restrição à circulação de trabalhadores que possa afetar o funcionamento de serviços públicos e atividades essenciais, e de cargas de qualquer espécie que possam acarretar desabastecimento de gêneros necessários à população”.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro é pressionado para renunciar ao cargo de presidente da República

URGENTE: vem aí novo pedido de impeachment de bolsonaro; agora é plural e suprapartidário

Bolsonaro é alvo de críticas em sessão virtual da Câmara dos Deputados

O presidente Jair Bolsonaro havia adiantado na sexta (20), durante entrevista ao apresentador Ratinho, que era favorável à permanência de templos religioso, estádios de futebol, shoppings, bares e restaurantes.

“Muita gente para dar satisfação ao seu eleitorado toma providências absurdas. Fechando shopping, tem gente que quer fechar igreja, [que] é o último refúgio das pessoas”, declarou Bolsonaro ao apresentador Ratinho.

“Eu acho que o pastor vai saber conduzir o seu culto. Ele vai ter consciência —o pastor, o padre —, se a igreja está muito cheia, falar alguma coisa. Ele vai decidir lá”, disse.

Bolsonaro tem enfrentado resistências de autoridades sanitárias e governadores, que defendem maior controle de circulação de pessoas para conter infecção pelo coronavírus.

O presidente da República também havia adiantado ontem (25) que afrouxaria as regras para as casas lotéricas.

“No Brasil existem 12.956 casas lotéricas e 2.463 se encontram fechadas por decretos estaduais ou municipais. Para que possam funcionar em sua plenitude, atualizei, nessa data, o Decreto 10.282”, tuitou nesta quarta.

Compartilhe agora!