Assista: Véio da Havan, surtado, convoca manifestação do dia 15 de março

Compartilhe agora

O empresário Luciano Hang, o Véio da Havan, surtado, se fantasiou de “Captião Brasil” para convocar a manifestação bolsonarista no próximo dia 15 de março.

Da base de sustentação do bolsonarismo, que financia o fascismo no Brasil, o Véio da Havan disse que o protesto da semana que vem é para pressionar a aprovação de reformas no Congresso.

O curioso é que o empresário não defendeu nenhuma medida favorável ao povo ou aos trabalhos. Somente ‘vem ao meu reino’ e nada ao ‘vosso reino’. Ou seja, ele estimula o “gado” a sair pelas ruas em socorro das medidas de interesse dos grupos econômicos.

LEIA TAMBÉM
Francischini apresenta projeto inconstitucional contra a carteirinha da UNE

Bolsonaro volta a convocar para as manifestações de 15 de março; assista

Madero nunca mais, diz atriz Patricia Pillar

No vídeo publicado pelo Véio da Havan, gratuitamente, ele ataca a UNE (União Nacional dos Estudantes). Ele afirma que a MP de Bolsonaro, que acabava com a carteirinha estudantil, caducou no Congresso e tal.

Após assistir o vídeo, o espectador/leitor irá chegar à conclusão de que o Véio da Havan não passaria num exame do psicotécnico, como diz o ditado popular. Se não fosse uma malandragem, poder-se-ia dizer que esse surto era caso de psicanálise. Mas não é.

Trata-se de um método, pela palhaçada, de distrair o distinto público para retirar mais direitos do povo e aumentar as isenções de impostos para os mais e os empresários –que querem se eximir do esforço comum na construção de uma pátria justa e fraterna.