Bárbara Gancia “reginou” ao atacar Suplicy e Bernie Sanders, dizem as redes sociais

Publicado em 2 fevereiro, 2020

A jornalista Bárbara Gancia, ex-Folha, atacou num mesmo tuíte o democrata Bernie Sanders e o petista Eduardo Suplicy. A moça comparou os dois políticos e disse que ambos são bons sujeitos, mas não servem para pagar boletos, IPTU e ver extrato do banco.

Para Bárbara, Bernie Sanders é pior coisa que poderia acontecer aos EUA.

“É como se o Suplicy virasse presidente do BR. É ótimo sujeito e coisa e tal, mas não serve pagar boleto, IPTU, ver extrato do banco”, escreveu.

“Se ele for eleito, próximo presidente depois de Bernie será alguém mais à direita que Nixon”, opinou a jornalista.

As redes sociais deram o troco para a jornalista, que, segundo os internautas, pensa com a cabeça dos donos da mídia no Brasil.

LEIA TAMBÉM
Bernie Sanders denuncia “salários de fome” do Walmart em reunião anual de acionistas

Bernie Sanders condena assassinato de general iraniano

Regina Duarte diz ‘SIM’ ao fascismo e vira secretária da Cultura de Bolsonaro

“O Trampa [Donald Trump] é mais direita que [Richard] Nixon. Bernie é o avanço”, respondeu o fotógrafo Ivan Ivanovick, de Paranaguá, um dos colaboradores do Blog do Esmael.

Outros navegantes afirmaram que Bárbara Gancia “reginou”, ou seja, reproduziu o discurso do medo da atriz Regina Duarte, que, na eleição de 2002, foi à televisão dizer que tinha medo da eleição do petista Luiz Inácio Lula da Silva.

“Cara Barbara, a pior coisa que aconteceu nos EUA foi Trump”, devolveu Monica Fortes.

De orelhada, o Blog do Esmael analisou os mais de mil comentários no post realizado pela jornalista Bárbara Gancia e constatou que 99% a criticam pela “tucanagem” nesses tempos bicudos no Brasil e nos Estados Unidos.

Relembre o discurso “eu estou com medo” do Lula, feito pela atriz Regina Duarte em 2002: