carteiras de trabalho protesto original3 1

Datafolha: Maioria prefere emprego e educação ao fetiche de Sérgio Moro

Fac-símile de reportagem no Valor, em 2016, sobre desemprego causado pela lava jato.
Pesquisa do Datafolha dá mais uma ducha no ministro Sérgio Moro ao apontar que a maioria da popula prefere investimentos na criação de empregos e na educação, por exemplo, ao fetiche da segurança pública.

Moro é o titular do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP) há um ano, mas, em tempos de Jair Bolsonaro (sem partido), a área da segurança perdeu espaço para a do social.

O treinamento e a compra de equipamentos de policiais, portanto, cedeu lugar à preocupação econômica.

Para 57% dos entrevistados do Datafolha, o combate à violência se dá de maneira mais efetiva com o governo priorizando investimentos na criação de empregos e na melhoria da educação.

Nunca é demais recordar que Sérgio Moro e a força-tarefa Lava Jato são acusados, inclusive por ministro do STF, de quebrar empresas nacionais e promover desemprego no País.

No entanto, o investimento em policiais é importante para 41% dos entrevistados e 2% não souberam responder à pesquisa.

O Datafolha ouviu 2.948 pessoas em 176 municípios entre 5 e 6 de dezembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

LEIA TAMBÉM
Para 68%, “rachadinha” de Flávio Bolsonaro detona imagem do velho Bolsonaro

Venezuela dispara contra o Bolsonaro e eleva o tensão na fronteira

Ibope nega ter feito pesquisa sobre ‘alta nas vendas de Natal’