Datafolha: Bolsonaro e STF empatam, mas Congresso supera em reprovação

Jair Bolsonaro (PR); Dias Toffoli (STF); Davi Alcolumbre (Senado); Rodrigo Maia (Câmara); foto: Marcos Corrêa/PR.
O Congresso Nacional é o campeão em reprovação entre os brasileiros, com 45%, segundo o Datafolha, seguido do Supremo Tribunal Federal (STF), com 39% de reprovação.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem 36% de reprovação, de acordo com o instituto de pesquisas.

Bolsonaro e STF estão empatados dentro da margem de erro no quesito reprovação.

Índice de reprovação

  • Congresso Nacional: 45%
  • Supremo Tribunal Federal: 39%
  • Jair Bolsonaro: 36%

Pelas maldades que fez contra o povo brasileiro, neste ano, o Congresso até que ainda está “bem” avaliado.

Câmara e Senado aprovaram nesta legislatura, por exemplo, a reforma previdência que pôs fim à aposentadoria dos brasileiros pobres.

Deputados e senadores também anuíram com Bolsonaro as privatizações em setores estratégicos como água, energia e petróleo, bem como flertaram com o populismo penal ao aumentar de 30 para 40 anos o tempo máximo de prisão.

O Congresso Nacional é uma ‘casa de patrões’, logo os eleitores não poderiam esperar mais do que isso.

O Datafolha entrevistou 2.948 pessoas em 176 municípios de todo o país nos dias 5 e 6 de dezembro. A margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

LEIA TAMBÉM
Nilceia Freire, ex-ministra de Lula, morre no Rio

Zeca Dirceu define Bolsonaro: “Estado mínimo para os pobres e Estado máximo para os ricos”

Gleisi Hoffmann: 2019 não foi bom para o povo nem para o País