Por Esmael Morais

“Não sei o preço da cadeirinha, mas sei o de túmulo”, diz Christiane Yared

Publicado em 06/06/2019

Em um discurso muito aplaudido na Câmara, a deputada Christiane Yared (PL-PR) criticou o projeto que alivia as punições por infrações de trânsito do governo Bolsonaro. Ela lembrou o acidente que matou seu filho em 2009.

LEIA TAMBÉM: Bolsonaro quer fim da multa para transporte de criança sem cadeirinha

“Não sei o preço de cadeirinha. Mas sei o preço de túmulo do cemitério, de caixão, de flores, de choro”, afirmou a deputada.

Christiane ficou conhecida após a tragédia da morte de seu filho. O motorista do veículo que o matou o jovem, o ex-deputado Carli Filho, foi condenado mas cumpre a pena em regime aberto.

Com informações do Congresso em Foco.