Por Esmael Morais

Bolsonaro quer fim da multa para transporte de criança sem cadeirinha

Publicado em 04/06/2019

O Projeto de Lei entregue por Bolsonaro hoje (4) no Congresso alterando o Código de Trânsito Brasileiro propõe o fim da multa para motoristas que transportarem crianças sem a cadeirinha apropriada. O PL prevê punição somente com advertência por escrito.

LEIA TAMBÉM: Se beber, não vote; Bolsonaro quer CNH com 40 pontos

Em resolução do Conselho Nacional de Trânsito, o transporte de crianças fora das normas de segurança é considerado infração gravíssima, punida com multa e com retenção do veículo até que a irregularidade seja resolvida.

O problema é que a regra está sendo questionada no Supremo Tribunal Federal e está suspensa. Mas a eliminação da multa pode criar um “libera geral” do uso das cadeiras que salvam vidas nos acidentes mais graves.

Na justificativa do projeto de lei, o Ministério da Infraestrutura defende que “ao mesmo tempo em que se garante a manutenção da exigência, se toma providência para evitar exageros punitivos”.

O presidente postou uma mensagem no Twitter afirmando que o Projeto de Lei que também estende o prazo de validade da CNH e amplia a pontuação para suspensão da carteira melhora a vida do brasileiro.

Será que não vai piorar as estatísticas de mortes no trânsito? Confira:

Com informações do G1.