Mercado reduz previsão do PIB pela 13ª semana consecutiva

Publicado em 27 maio, 2019
Compartilhe agora!


Economistas ouvidos pelo Banco Central reduziram pela 13ª vez consecutiva a previsão do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil para 2019. A expectativa agora é de um “pibinho” de 1,23%, contra 1,24% da semana anterior. O Boletim Focus, divulgado toda segunda-feira, é um relatório do Banco Central baseado nas expectativas de uma centena de consultorias e instituições financeiras.

A piora dos indicadores econômicos e os impasses para a aprovação da reforma da Previdência, gerou o consenso de que a retomada da economia está sendo mais devagar que o esperado. Após a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições, o mercado ficou otimista e chegou a prever até um crescimento de 3% do PIB neste ano. O cenário, agora, mudou, e o desânimo se espalhou por vários setores.

Para o próximo ano, a previsão do mercado é de crescimento de cerca de 2,5%.

Já a expectativa para a inflação neste ano continuou estável em 4,07%. A meta do governo federal para a inflação em 2019 é de 4,25%, com intervalo aceitável de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

Compartilhe agora!