Por Esmael Morais

PT defende que fake news da lava jato sejam investigadas pelo STF

Publicado em 17/04/2019

O PT manifestou-se favoravelmente às investigações de fake news e vazamentos contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

A presidenta nacional do partido, deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), afirmou nesta quarta (17) que a produção de notícias falsas e os vazamentos seletivos devem ser investigados porque trata-se de evento iniciado no grampo ilegal da lava jato contra Dilma Rousseff, em 2016, e na prisão política de Lula para impedi-lo de disputar a Presidência no ano passado.

LEIA TAMBÉM
Estadão divulga placar fake sobre reforma da previdência

“Avisamos da crise institucional após divulgação de grampo ilegal de Dilma, do TRF4 dizer que Lava Jato não precisava seguir processo, que presidenta foi derrubada e Lula foi preso para ser impedido de disputar eleição. Produção de fake news e vazamentos contra STF tem de ser investigados”, tuitou Gleisi.

Nesta terça-feira (16), o ministro Alexandre de Moraes deu seguimento ao inquérito que investiga as diabólicas notícias falsas e os vazamentos de processos no âmbito da lava jato.