Prisões de emedebistas é recado de Moro para Maia, diz Jean Wyllys

Em mensagem publicada no Facebook ontem (21), o ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL) comentou as prisões do ex-presidente Michel Temer (MDB) e do ex-ministro Moreira Franco (MDB). Para ele, as prisões executadas pela Lava Jato podem ser entendidas como um “cabo de guerra entre facções políticas” que deram o golpe contra ex-presidenta Dilma Rousseff (PT) em 2016.

LEIA TAMBÉM:
Após cobranças e provocações, Rodrigo Maia desiste da Previdência

Jean Wyllys disse que com as prisões dos emedebistas, o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, mandou um recado para o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM).

O ex-deputado do PSOL afirmou ainda que as prisões revelam “só mais um ato obsceno na orgia dos farsantes (Moro e os fascistas da Lava Jato de um lado; e do outro a direita tradicional)”.

Confira a postagem de Jean Wyllys:

Comentários encerrados.