Manifestações pró-lava jato fracassam em todo o país

Compartilhe agora!

Deu ruim para Deltan Dallagnol e Sérgio Moro, ex-juiz que aderiu ao bolsonarismo, pois fracassaram neste domingo (17) as manifestações pró-lava jato em todo o país.

Foram contabilizadas dezenas de pessoas aqui, outra meia dúzia ali, mas o fato é que a força-tarefa perdeu o charme e o apoio da sociedade.

Vale a pena recorrer ao veterano jornalista Janio de Freitas, hoje na Folha, segundo qual “Sergio Moro — o ministro da carta branca que não pode indicar nem suplente de conselho — começa a passar por uma revisão de conceito entre seus admiradores.”

LEIA TAMBÉM
A lava jato quebrou o país

Os protestos convocados pelo MBL (Movimento Brasil Livre) pareciam mais a velórios de enterro da lava jato do que manifestos para reavivar determinado estado de coisas.

Contribuiu para a depressão o fim da força-tarefa a tentativa de constituir um fundo privado com R$ 2,5 bilhões com dinheiro da Petrobras.

Acerca disso falou Luiz Inácio Lula da Silva: “vou provar que os verdadeiros ladrões são aqueles que me condenaram e prendem” na Polícia Federal de Curitiba.

Compartilhe agora!