Paulo Guedes sofre 1ª derrota no governo Bolsonaro

O ministro da Economia, Paulo Guedes, sofreu nesta terça-feira (12) a primeira derrota estratégica ao ser desautorizado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) no imbróglio da importação do leite em pó da Nova Zelândia e da União Européia.

Depois de xingar de “canalha” o repórter Maurício Lima, da Veja, por ter vazado ontem (11) a decisão do recuo do governo na suspensão da taxa antidumping, Bolsonaro anunciou hoje a vitória da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, sobre o titular da Economia.

LEIA TAMBÉM

Bolsonaro, o governo das capitulações

A solução encontrada para segurar a numerosa bancada ruralista, no Congresso, foi aumentar a taxa de importação do leite em pó para 42,8%.

A Frente Parlamentar da Agropecuária informa que até quinta (14) o governo Bolsonaro irá publicar decreto sobre a taxação.

Portanto, adeus “liberalismo econômico” chinfrim de Guedes.

Comentários encerrados.