Cariocas das comunidades têm mais medo de milícias que de traficantes

Publicado em 19 fevereiro, 2019
Compartilhe agora!

Os milicianos são mais temidos que os traficantes nas comunidades do Rio de Janeiro. Os dados são do Datafolha.

A pesquisa foi feita a pedido do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e divulgada pela Folha de S.Paulo na segunda-feira (18). Foram entrevistadas 843 pessoas na cidade do Rio de Janeiro entre os dias 23 e 25 de janeiro.

LEIA TAMBÉM: Milícias tomaram conta do governo Bolsonaro, denuncia horrorizado o PT

Segundo o Datafolha, 29% dos moradores de comunidades têm mais medo dos milicianos do que dos traficantes e dos policiais, 25% têm mais medo do tráfico de drogas, 18% temem a polícia e 21% têm medo de todos na mesma proporção e 7% não soube responder.

Entre os moradores da Zona Sul, essa proporção é ainda maior: 38% dos moradores temem mais as milícias. Outros 20% têm mais medo dos traficantes, 24% temem a todos e 12% têm mais medo dos policiais. E 6% não quis ou não soube dar uma resposta para a pergunta.

LEIA TAMBÉM: Ministério Público diz que morte de Marielle está ligada a milícias

Mas nos números totais, somando as opiniões de todos os cariocas, o medo dos traficantes de facções criminosas ainda é maior.

As informações são do G1 e Folha.

Compartilhe agora!