Por Esmael Morais

Milhares marcham em Caracas em defesa do governo de Maduro

Publicado em 23/01/2019

O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) e movimentos sociais bolivarianos convocaram nesta quarta-feira (23) uma marcha com a finalidade de defender a soberania do país sul-americano, especialmente das intenções golpistas da oposição para derrubar o presidente constitucional da Venezuela, Nicolás Maduro.

As forças governistas se concentram em três pontos de Caracas desde da manhã para desfilar até a Praça O’leary, onde se encontraram as principais autoridades governamentais, de acordo com informação fornecida pela direção política do PSUV.

Com o desfile o Poder Popular respaldará a liderança do presidente da República, Nicolás Maduro, além de comemorar os 61 anos da queda da ditadura de Marcos Pérez Jiménez.

A respeito, a vice-presidenta executiva, Delcy Rodríguez, assegurou em coletiva de imprensa que ‘sairemos todos a defender a paz, a união nacional, em frente a uma campanha terrível de racismo e de xenofobia contra nossos venezuelanos’.

Por sua vez, o primeiro vice-presidente do PSUV, Diosdado Cabelo, destacou que os revolucionários sairão nesta quarta-feira, junto com diversos movimentos sociais, a defender a nação.

Reiterou que a marcha terá como objetivo proteger a pátria e a “Revolução Bolivariana”, daqueles que agridem constantemente os ideais de liberdade e igualdade, bem como a soberania da nação.

Cabelo chamou o povo a mobilizar-se pelas ruas para ‘recordar ao mundo que a Venezuela ninguém a trai’.

*Com informações da Prensa Latina