Empresário fez ‘delação do fim do mundo’ no Paraná

Compartilhe agora!

O empresário Joel Malucelli um dos alvos da Operação Rádio Patrulha, do Gaeco no Paraná, fez delação considerada ‘fim do mundo’ por promotores do Ministério Público.

LEIA TAMBÉM
Novo presidente do TCU agradece Lula na posse em frente a Moro e Paulo Guedes

De acordo com informações obtidas pelo Blog do Esmael, o suplente do senador Alvaro Dias (Podemos) entregou até quem não precisava na negociação premiada.

Em setembro último, Malucelli e outras 14 pessoas — inclusive o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) — tiveram a prisão temporária decretada pela justiça.

Sobre a Operação Rádio Patrulha

A suspeita era de que todos os presos tinham envolvimento em um esquema de superfaturamento de contratos para manutenção de estradas rurais para o pagamento de propina para agentes públicos. Esses contratos faziam parte do programa Patrulha do Campo.

Compartilhe agora!