Polícia Federal obriga cinegrafista a apagar imagens de Jair Bolsonaro

Agentes da Policia Federal (PF) obrigaram ontem (02), no Rio de Janeiro, um cinegrafista da TV Globo a apagar imagens que gravou do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

O cinegrafista acompanhava a visita de Bolsonaro ao Centro de Adestramento da Ilha da Marambaia, área da União administrada pela Marinha.

Segundo o cinegrafista, os agentes da PF ainda coletaram os seus dados pessoais e tiraram uma foto.

A relação do presidente eleito com a imprensa promete ser bastante conturbada, pois na última quinta-feira (01) jornais impressos brasileiros e agências internacionais de notícias que cobririam a sua primeira entrevista coletiva foram impedidos de participar.

Tempos sombrios no horizonte, infelizmente!

Comentários encerrados.