Por Esmael Morais

Bolsonaro usa fake news sobre guerrilha na propaganda da TV

Publicado em 25/10/2018

Não bastassem as fake news no WhatsApp e no Facebook, o candidato do PSL Jair Bolsonaro apelou para as notícias falsas também na propaganda da TV. Ao invés de apresentar propostas, o deputado invadiu os lares dos brasileiros na tarde desta quinta (25) dizendo que as FARC irão invadir o Brasil. Mentira. As FARC nem existem mais, como se explica abaixo.

LEIA TAMBÉM
‘Lei Bolsonaro’ vai punir políticos que espalharem ‘fake news’ no Chile

A propaganda de Bolsonaro maximiza a necessidade de violência ao falar de um suposto perigo vermelho, das FARC, o que beira uma psicopatia.

Em fevereiro de 2017, as Forças Revolucionárias da Colômbia (FARC) e governo da Colômbia celebraram um acordo que pôs fim ao conflito armado que durou 52 anos. Esse armistício, inclusive, rendeu o Prêmio Nobel da Paz de 2015 para o então presidente colombiano Juan Manuel Santos.

Portanto, as FARC viraram um partido político e disputaram dentro da legalidade as eleições deste ano na Colômbia.

Para a decepção do garimpeiro que concorre à Presidência do Brasil, o símbolo do partido FARC é uma rosa — não um fuzil.

LEIA TAMBÉM
Tucano Alberto Goldman declara voto em Haddad

O Blog do Esmael fez a checagem (fact checking) e concluiu que Bolsonaro, outra vez, abusou da fake news. Ampliou a disseminação de notícia falsa das redes sociais para a televisão.

Como diria FHC, ‘assim não pode, assim não dá…’

Confira a fake news das FARC: