Moro tem lado [dos tucanos], denunciam petistas

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, tuitou foto em que o juiz Sérgio Moro aparece — novamente — ao lado do ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) numa balada em Nova Iorque. Para a dirigente petista, seria mais uma prova inequívoca de que o magistrado da lava jato tem lado [dos tucanos] e que a justiça é “seletiva e parcial” no país.

O juiz Sérgio Moro deixou se fotografar ao lado do tucano, nesta terça (15), em Nova Iorque, duas semanas após jurar que tinha se arrependido de posar ao lado do senador Aécio Neves (PSDB-MG) durante evento da IstoÉ.

À revista Crusoé, Moro afirmou que a foto ao lado de Aécio “foi um momento ruim” porque “deu uma impressão errada”, “gerou uma impressão que não era verdadeira”.

Além de Gleisi, o líder da bancada do PT na Câmara Paulo Pimenta (PT-PR) também se manifestou observando que “ao lado de Doria, Moro é tomado pela vaidade e soberba”.

“A cara de deslumbramento e de subserviência de Moro diante de seus patrões americanos em N York é de causar engulhos. Não é a toa que foi escrachado na porta. Fascista e entreguista. Na foto, Moro lembra o caipira que Mazzaropi interpretava no cinema”, reagiu o deputado Wadih Damous (PT-RJ).

O deputado Pepe Vargas (PT-RS) também criticou a confraternização de Moro com tucanos nos Estados Unidos, após prisão política de Lula.

“O curioso caso do juiz que manda prender Lula sem provas, e confraterniza nos Estados Unidos com tucanos. A parte mais engraçada é que os processos contra tucanos aqui no Brasil nunca dão em nada!”, tuitou.

Já o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), líder da bancada no Senado, chamou Doria de “milionário trambiqueiro e mafioso” ao lado do “juiz imparcial que prendeu Lula” em Nova Iorque.

“Esse é o juiz imparcial que prendeu Lula! Vai vendo… em Nova York junto com Doria, esse sim, milionário trambiqueiro e mafioso. Patético. Essa foto mostra muito!”, fuzilou.

Comentários encerrados.