Por Eugênio Aragão

Renúncia de Beto Richa tem protesto e forte aparato policial

Publicado em 06/04/2018

A renúncia de Beto Richa (PSDB) ao governo do Paraná para concorrer ao Senado está ocorrendo na manhã desta sexta-feira (06). Mesmo não esperando grandes mudanças com Cida Borghetti (PP), que assume o cargo, os professores e servidores não escondem o alívio pelo fim do mandato do tucano.

A Polícia Militar mobilizou um forte aparato para evitar que os servidores se aproximem do Palácio Iguaçu e da Assembleia Legislativa do Paraná. O medo é que os trabalhadores estraguem a festa de Richa. Ele está aproveitando a onda e imprimindo ritmo de campanha para o ato final de seu governo.

O medo também é que os manifestantes “carimbem a faixa” de Cida, que sempre compactuou com os ataques de Richa aos servidores e à Educação Pública paranaense. Mas os educadores e funcionários do Estado estão lá, com faixas de protesto e balões — para o evento não passar em branco.