PT é maior bancada na Câmara de Deputados; MDB e PSDB encolhem

Publicado em 19 abril, 2018
Compartilhe agora!

Terminado o período da “janela da infidelidade”, que começou no dia 8 de março e foi até 6 de abril, a Justiça Eleitoral consolidou os dados sobre as transferências partidárias dos deputados. Cerca de 16% dos parlamentares, ou seja 85 deputados, trocaram de legenda. O Partido dos Trabalhadores(PT) voltou a ser a maior bancada parlamentar na Câmara dos Deputados, com 60 integrantes.

A legenda liderada pelo ex-presidente Lula, preso político em Curitiba, contrariando prognósticos de vários analistas políticos segue sendo um potente partido, mesmo enfrentando uma brutal campanha de cerco e aniquilamento de suas lideranças.

Enquanto o PT, maior legenda da esquerda, consolidou as suas forças na Câmara dos Deputados, o espectro da centro-direita, MDB e PSDB, encolheram no parlamento, diante do avanço de médias e pequenas siglas ocupadas por parlamentares de direita e de facções conservadoras – evangélicos, membros da chamada “bancada da bala” e ruralistas.

O então PMDB e o PSDB que sustentaram no parlamento o Golpe de 2016, através do impeachment da presidente Dilma Rousseff, amargam uma profunda rejeição do eleitorado, o que foi sinalizado pela debandada dos parlamentares dessas legendas que buscam uma boia de salvação nas eleições de outubro.

Parafraseando o Nelson Rodrigues, todo o golpismo será castigado.

Compartilhe agora!