“Gleisi Livre” de cassação por entrevista à TV Al Jazeera

A Procuradoria-Geral da República, como não era de esperar diferente, achou demais a fake news contra a presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, acerca da entrevista que ela concedeu ao mundo árabe por meio da TV Al Jazeera. Por isso determinou nesta quinta (26) o arquivamento de “notícia fato” que pedia sua cassação.

LEIA TAMBÉM
O falso debate acerca da entrevista de Gleisi à TV Al Jazeera

O procurador-geral em exercício Luciano Mariz Maia mandou arquivar o pedido do deputado Major Olímpio (PSL-SP) de enquadramento da petista na Lei de Segurança Nacional.

“O que foi dito pela presidente do Partido dos Trabalhadores, Senadora Gleisi Hoffmann, é um discurso político, em legítima manifestação de seu pensamento e de sua opinião”, disse o procurador.

Para Maia, a manifestação de Gleisi não caracteriza conduta típica, punível e culpável, em nenhuma das inúmeras hipóteses veiculadas nas normas supra transcritas. “Nem em qualquer outra norma.”

“Não havendo necessidade de qualquer outra instrução probatória, sendo suficiente para apreciação do tema a documentação (inclusive mídia) já existente, e havendo prova de não ocorrência de qualquer fato típico, punível e culpável, por se estar em situação de exercício legítimo da liberdade de expressão e de pensamento, determino o arquivamento desta Notícia de Fato”, determinou.

Portanto, “Gleisi Livre!”

Abaixo, relembre a entrevista:

Comentários encerrados.