Série sobre Lava Jato gera protestos e onda de cancelamentos da Netflix


Uma série de TV produzida pela Netflix vem causando muita revolta. “O Mecanismo” trata basicamente da operação Lava Jato e da corrupção. O que está deixando muita gente indignada a ponto de cancelar a assinatura do canal é que a produção da série atribui ao ex-presidente Lula frases e atitudes que todos sabem não serem dele.

“O Mecanismo” faz referência a diversas personalidades do mundo político, mas todos têm os nomes trocados. O doleiro Alberto Youssef aparece como Roberto Ibrahim. Sérgio Moro seria o juiz Rigo, e por aí vai. Há referências a Temer, Aécio, e lógico, a Lula. Os criadores da série são José Padilha e Elena Soarez.

Só para dar um exemplo, a série atribui frases de Romero Jucá em diálogo com Sérgio Machado como sendo de Lula. O ex-presidente da TV diz que é preciso “estancar a sangria” e “construir um grande acordo nacional”.

A injustiça da ficção gerou uma onda de cancelamentos de assinaturas da Netflix. As postagens de protesto estão usando a hashtag #‎cancelaNetflix‬. Além disso, figuras públicas como o senador Lindbergh Farias se manifestaram contra a distorção dos fatos promovida pelo programa. Veja a seguir um twitt de Lindbergh com um trecho da série:

Comentários encerrados.