Michel Temer ataca o bolsa família após vergonha do “pibinho” de 2017

Publicado em 1 março, 2018
Compartilhe agora!

Michel Temer agora ataca o programa bolsa família para compensar seu vergonhoso “pibinho” na economia brasileira de 2017. Segundo ele, o benefício “não deve ser eterno” mesmo para os cidadãos em situação de vulnerabilidade social.

Em entrevista à rádio Tupi, ao comentar o fiasco no PIB de 2017, que aumentou apenas 1%, o Vampiro Neoliberalista jactou-se de ter colocado a economia de “pé” outra vez. Uma mentira deslavada.

O golpe de Temer criou um exército de desempregados de 12,7 milhões de desempregados e a tendência é que esse número ultrapasse os 15 milhões até o final do ano. Com isso, o Brasil ostentará em primeiro lugar no ranking mundial de desemprego.

Compartilhe agora!