Por Esmael Morais

Temer quer que inválidos provem que precisam de benefícios do INSS

Publicado em 01/08/2017

A medida de Temer de convocar beneficiários é para revisar a concessão de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez de milhares de brasileiros, que de alguma forma, não se enquadram nas condições necessárias para o recebimento. Ao total, 20,3 mil benefícios já foram cancelados devido ao não comparecimento dos e já foram enviadas 435 mil cartas de convocação.

Os segurados convocados têm até cinco dias, ou até sábado (5), para informar ao Instituto Nacional do Seguro Social a data da perícia que comprovará a necessidade da manutenção do benefício.

Caso o segurado não compareça à convocação, o INSS informa que suspenderá o pagamento do benefício ao incapacitado.

O diabo é que isso tudo visa engordar o caixa do governo, dinheiro para formar o superávit primário e pagamento os juros [para bancos e rentistas] da dívida interna.

Se Michel Temer realmente estive preocupado em salvar a Previdência Social ele, ao invés de caçar inválidos e incapazes, cobraria os R$ 500 bilhões que as grandes empresas sonegadoras devem.

Resumo da ópera: o golpe não tem alma nem coração; muito menos compaixão.

Veja aqui quem são os 500 maiores devedores da Previdência Social

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2017/08/maioresdevedoresprevidencia.pdf