Paulo Henrique Amorim: Juiz Sérgio Moro não é solidário nem no câncer; assista

Repercutiu mal, muito mal, a prisão do ex-ministro Guido Mantega no hospital em que a mulher dele faz tratamento contra um câncer.

Segundo o jornalista Paulo Henrique Amorim, o PHA, do Conversa Afiada, os procuradores da Lava Jato e o juiz federal Sérgio Moro não são solidários nem no câncer.

Leia o texto de PHA:

SERÁ MORO SOLIDÁRIO NO CÂNCER?

“Qual a vantagem de prender o Mantega no hospital Albert Einstein, esse templo dos coxinhas paulistanos?

Vamos nos colocar no lugar do juiz Moro e dos delegados da Polícia Federal.

A primeira vantagem é que Mantega não podia fugir que ele tinha ido lá acompanhar a mulher, que tem câncer.

A segunda vantagem é que o Mantega não ia poder reagir à prisão, porque ele estava lá para acompanhar a mulher, que tem câncer.

A terceira vantagem é o precedente. O Mantega já tinha sido ali, no restaurante, naquele hospital, agredido verbalmente, porque tinha ido lá para uma consulta com a mulher que tem câncer.

Portanto, se conclui que o juiz Moro e os delegados da Polícia Federal não são solidários nem no câncer — diria Nelson Rodrigues.”

pha_cancer_moro

Comentários encerrados.