Quem ganha e quem perde com o 1º Ibope sobre a corrida pela Prefeitura de Curitiba

candidatos_ibope_2016O Blog do Esmael fez um rápido levantamento sobre quem ganha e quem perde com a 1ª pesquisa Ibope, divulgada ontem (11) à noite pela Rede Massa (SBT). Segundo o instituto, há um empate técnico dentro da margem de erro de três pontos na corrida pela Prefeitura de Curitiba. Greca tem 21%, Fruet aparece com 18% e Requião Filho surge com 16%.

O ex-prefeito Rafael Greca (PMN), à frente no levantamento, disse que recebeu o resultado com muita humildade:

“Recebo com muita humildade este resultado que mostra ainda termos muito trabalho à frente. Estou com muita vontade de resgatar a Curitiba que um dia conheci com ideias baseadas no amor e na inovação. Quero tornar Curitiba novamente um exemplo de gestão eficiente e inovadora.”

Também se saiu bem o deputado Requião Filho (PMDB), que aparece empatado dentro da margem de erro. Ele pode ser beneficiado com o fato de ser o único candidato — até agora, entre os líderes nas sondagens — que faz oposição ao governador Beto Richa (PSDB) na capital paranaense.

Se o resultado foi bom para Greca e Requiãozinho, deu muito ruim para o deputado Ney Leprevost (PSD). O pré-candidato sofre “guerra especulativa” dentro do próprio grupo, isto é, na tropa de Ratinho Junior (PSD), que também comanda o PSC [que já está com um pé na aliança com o ex-prefeito]. O levantamento tem como objetivo desobrigar o herdeiro da Rede Massa com o candidato do PSD.

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) igualmente não teve uma excelente perfomance, pois, por estar na máquina, tem a responsabilidade com a reeleição. Mas ainda tem muito tempo para reverter a situação, se acertar na política e nas coligações partidárias.

Veja o resultado de intenção de votos para prefeito (na estimulada):

Rafael Greca (21%)
Gustavo Fruet (18%)
Requião Filho (16%)
Ney Leprevost (5%)
Luciano Pizzatto (3%)
Maria Victória (3%)
Tadeu Veneri (3%)
Paulo Martins (2%)
Branco/nulo (20%)
Não sabe/não respondeu (9%)

O Ibope entrevistou 805 eleitores curitibanos entre os dias 2 e 5 de julho. A margem de erro é de 3%.

Comentários encerrados.