83 autores lançam hoje, em Curitiba, “Crônicas da Resistência” ao golpe

cronica_belloO jornalista João Bello informa que 83 autores, incluindo ele, lançarão nesta quinta (28), às 18 horas, no Teatro da Reitoria da UFPR, em Curitiba, uma coletânea que reúne crônicas contrárias ao golpe de Estado no Brasil em 2016.

O lançamento “Crônicas da Resistência” ganhou um grupo no Facebook que conta com, até agora, 4,1 mil convidados para o evento desta noite.

O Teatro da Reitoria da UFPR fica na Rua XV de Novembro, 1299, no Centro.

Abaixo, leia o comunicado oficial do concorrido evento antigolpe:

CRÔNICAS DA RESISTÊNCIA 2016 – LANÇAMENTO DIA 28/07 TEATRO DA REITORIA

Coletânea reúne crônicas contra o golpe parlamentar brasileiro

Os recentes acontecimentos da política brasileira apontam uma característica peculiar: a participação massiva da população. Além dos protestos de rua o país assistiu a uma intensa discussão sobre o presente e o futuro de nossa democracia.

Para que o debate se aprofunde no campo das ideias, a editora ComPactos lança em julho o livro “Crônicas da resistência 2016 – Narrativas de uma democracia ameaçada”. A obra reúne reflexões de intelectuais, jornalistas, professores, economistas, cientistas políticos, historiadores, artistas, escritores e profissionais de várias áreas, são brasileiros de todas as regiões do país e do exterior que se posicionam contra a ruptura institucional representada pela deposição da presidenta Dilma Rousseff.

O livro que tem o prefacio de Adolfo Perez Esquivel e contra capa de Leonado Boff.

Significativo ressaltar que dos 83 autores que escrevem sua crônicas 38 são Sul, destes 20 do Paraná e destes 18 de Curitiba. O restante conforme listagem em anexo estarão vindo de todo Brasil para cá nestes dia.

Autores por Estado:

Piauí
1) Maura Barro – Teresina-PI
2) Maria Martins – Teresina-PI

Ceará
1) Cândido Rolim

Rio Grande do Norte
1) Maria do Socorro F. Veloso – Natal-RN

Paraíba
1) Fabiana Agra – Picuí-PB
2) Elizabeth Christina de Andrade Lima – Campina Grande-PB

Alagoas
1) Welton Roberto – Maceió-AL
2) Elenilda Cavalcante Souza – Arapiraca-AL
3) Maria Elenita Ribeiro – Praia do Francês-AL

Bahia
1) Ricardo José Martins – Slavador-BA
2) Manoel Meneses – Salvador-BA
3) Luci Barboza P. Zorgetz – Ilhéus-BA
4) Deyna Hulda Arêas – Ilhéus-BA
5) Ione dos Santos Rocha Cabral – Vitória da Conquista-BA
6) Elisio Gomes Pacheco – Lauro de Freitas-BA
7) Samantha Souza da Costa Pereira – Feira de Santana-BA

Brasília
1) Luiz Fernando Horta – Brasília-DF
2) TT Catalão – Brasília-DF
3) Letícia Sallorenzo – Brasília-DF
4) Victor Salles Gorman – Brasília-DF

Goiás
1) Brazilino Nunes De Sá Neto – Goiânia-GO

Minas Gerais
1) Malu Aires – Belo Horizonte-BH
2) Poliana Santiago – Belo Horizonte-BH
3) Flávio Cattoni – Belo Horizonte-BH
4) Luiz Carlos Brito Lopes – Belo Horizonte-BH
5) Cláudia Santiago – Governador Valadares-MG)

Espírito Santo
1) Ana Vilarino – Vitória-ES

Rio de Janeiro
1) Aldemir Batissaco – Niterói-RJ
2) Paulo Noëlle – Niterói-RJ

São Paulo
1) Carlos José Alves Ferreira – São Paulo-SP
2) Lucia Marcia André – São Paulo-SP
3) Edva Aguilar – São Paulo-SP
4) Nelson Nisenbaum – São Paulo-SP
5) Fernando Prado Ferreira – São Paulo- SP
6) Gerson Alberto Rozzo Guimarães – Santos-SP
7) Celso Balloti – Santos-SP
8) Simone Salles – Praia Grande-SP
9) André Victor – Marília-SP
10) Alberto Peribanez Gonzalez – Ribeirão Grande-SP
11) Paula Padilha – São Bernardo do Campo-SP
12) Adroaldo Jacques Eid – Iperó-SP
13) Nelson Pregnolatto – Sorocaba-SP
14) Aldo Moreira – Santo André-SP
15) Wilian Oliveira – Santo André-SP/Hemel Hempstead-Reino Unido
16) Erica Caminha Hassmann – São Paulo-SP/Rosenheim-Alemanha)

Paraná
1) Pedro Eloi Rech – Curitiba-PR
2) Pedro Carrano – Curitiba-PR
3) José Luiz Desordi Lautert – Curitiba-PR
4) Sonia de Oliveira – Curitiba-PR
5) Carlos Barbosa Júnior – Curitiba-PR
6) Silzi Mossato – Curitiba-PR
7) João Bello – Curitiba-PR
8) Luiz Alves Pequeno – Curitiba-PR
9) Silvia Valim – Curitiba-PR
10) Paulo de Jesus – Curitiba-PR
11) Carlos Coradassi Buff – Curitiba-PR
12) Paulo Sérgio de Lima – Curitiba-PR
13) Marcelo Gonçalves Marcelino – Curitiba-PR
14) Claudio Ribeiro – Curitiba-PR
15) Eros Antonio Ferreira Lang – Curitiba-PR
16) Ton Cabano – Curitib-PR
17) Thomé Sabbag Filho – Curitiba-PR
18) Cleusa Slaviero – Curitiba-PR
19) Claudio Merrs – Maringá-PR
20) Ricardo Töws – Maringá-PR

Santa Catarina
1) Luiz Augusto – Florianópolis-SC
2) Fabio SHOK – Florianópolis-SC
3) Jones Selonke – Joinville-SC
4) Leonardo Ribeiro – Curitibanos-SC
5) Alcides Heerdt – Chapecó-SC

Rio Grande do Sul
1) João Alexandre Goulart – Porto Alegre-RS
2) Alex Cardoso – Porto Alegre-RS
3) Róber Iturriet Avila – Porto Alegre-RS
4) Cássio Moreira – Porto Alegre-RS
5) Luciano Machado – Porto Alegre-RS
6) Ayrton Centeno – Porto Alegre-RS
7) Arthur Aveline – Porto Alegre-RS
8) Charles Sidarta Machado Domingos – Porto Alegre-RS
9) Luciano Morales – Porto Alegre-RS
10) Claudine Rota – Porto Alegre-RS
11) Ívano Jorge de Castro Corrêa – Porto Alegre-RS
12) Renata Batissaco Duarte – Caxias do Sul-RS
13) Alcione Maia Batissaco – Caxias do Sul-RS

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. manifestação vermelha em Curitiba
    é tudo de bom..
    deveria virar um encontro civico
    politico e cultural, para o resto do Paraná.

  2. O juiz Sergio Moro, sem dúvida, vai estar presente, pois a luz deste lançamento é muito mais forte do que aquela da geladeira!

  3. RESUMO DO CLÁSSICO E DO FILME “O CONDE DE MONTE CRISTO”.

    É aqui e daqui que o senhor “juiz Sérgio Moro”, PSDB, judiciário Brasileiro, PF, MPF, tiram suas malignas, perversas inspirações e conclusões para agir e colocar em prática como quem faz suas decisões pendendo para o lado corrupto criminoso buscando os próprios interesses. Como no decorrer da história do Clássico Francês e filme “O CONDE DE MONTE CRISTO”, onde um jovem e ingênuo rapaz analfabeto e marinheiro, (uma espécie de Luiz Inácio Lula da Silva, o “LULA” por volta dos anos 1844, na França, de Nome EDMOND DANTÊH, ingênuo rapaz bom e muito abençoado, talvez por sua muita simplicidade, porém, muito invejado por seus implacáveis e influentes adversários escolados, enquanto EDMOND DANTÊH é analfabeto e de muita sorte por sua pureza de simplicidade e espírito.
    Dentre seus implacáveis adversários, EDMOND DANTÊH tem o JUIZ E MAGISTRADO VILLEFORD, um juiz cruel, impiedoso, ganancioso, corrupto assassino e sobre tudo, um juiz destemido, mafioso criminoso aliado a classe financeira política e corrupta da Época. Esse magistrado e juiz VILLEFORD, manda EDMOND DANTÊH para a prisão perpétua, para de lá nunca mais vir a existir, sem EDMOND DANTÊH ter cometido crime nenhum. Apenas para incriminar simples inocente.

    As mesmíssimas coisas Joaquim Barbosa, juiz Sérgio Moro, os filhos de Roberto Marinho Rede Globo e mídias, vêm fazendo com o PARTIDO DOS TRABALHADORES com o ex- presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, e que, como reforço, agora nos últimos tempos, vêm contando também com o poder de um ministro do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL “STF” Ministro Gilmar Mendes, como o Magistrado VILLEFORD, para reforçar todo apoio as decisões em favor da escala política corrupta.
    Assista ao Grande Filme do “Clássico Francês “O CONDE DE MONTE CRISTO” tanto o filme versão antiga, legendado e, mais carregada de detalhes, quanto ao filme de versão mais recente atualizado e dublado, resumido e, de linguagem bem mais fácil de compreensão.
    O Clássico “O CONDE DE MONTE CRISTO” é uma História de aventura, romance, ganâncias da elite financeira, bancária, política, judiciária e de proprietários de jornais, com muitas perversidades, maldades, corrupção, crimes, homicídios, cometidos e praticados com envolvimento e participação do juiz e magistrado VILEFORD, que também o mesmo magistrado e juiz, personagem central participante ativo e acobertador dos muitos crimes do cenário e sociedade dos anos de 1844 na França.
    Como aqui no Brasil, nos tempos de hoje, o filme “O CONDE DE MONTE CRISTO” de versão antiga legendado fala da existência de um “Jornal O Globo” lá na FRANÇA naqueles anos, com talvez os mesmos comportamentos de o jornal O GLOBO daqui do BRASIL nos dias de hoje. Será a bandidagem se repetindo??????

    AQUI no Brasil, Toda máfia, conluio, corrupção PSDB tucana e membros do PSDB, Joaquim Barbosa juiz Sérgio Moro, filhos de Roberto Marinho, suas mídias e demais mídias se inspiram e se baseiam nas ações táticas dessa história desse clássico Francês, ao tocar a Lava Jato, fazendo o que fazem com o PARTIDO DOS TRABALHADORES, com o ex Presidente LULA, com a presidenta Dilma Rousseff, desrespeitam a democracia e ignoram a força e expressividade popular. As mesmas coisas da história de o CLÁSSICO escrito e desse filme e de sua história.
    PESQUISE a HISTÓRIA de “O CONDE de MONTE CRISTO”, no WIKIPÉDIA.

  4. Ficção. Não houve golpe.

    • Esses candidatos a prefeito, sejam de Curitiba ou outros municipios, os seus partidos e deputados vão votar CONTRA OS ABOMINÁVEIS PROJETOS:

      PL 257 e em outros como o PL4567 e a PEC 241/16 ?

      No Paraná votaram contra os PACOTAÇOS E SERVIDORES ?

      E ai candidatos?