Lewandowski obriga comissão do golpe no Senado periciar documentos contra Dilma

lewandowski_senadoO ministro do Supremo, Ricardo Lewandowski, acatou ontem à noite recurso da defesa da presidente eleita Dilma Rousseff que pede perícia nos decretos que originaram o processo de impeachment. A decisão é um duro golpe no interino Michel Temer (PMDB), pois a produção de provas poderá corroborar a tese segunda qual o afastamento da presidente é um golpe de Estado.

Embora o STF tenha tido esse pontual lampejo legalista, também ontem o ministro Teori Zavascki mostrou que a corte representa uma desigualdade na luta de Dilma. Ao enviar o inquérito contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à primeira instância o Supremo faz um truque para garantir o golpe final no Senado.

Abaixo, leia a matéria da Agência Senado:

Lewandowski defere recurso da defesa e documentos do Impeachment terão perícia de técnicos do Senado

A Comissão Especial do Impeachment promoverá perícia sobre os documentos referentes à denúncia contra a presidente afastada Dilma Rousseff. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, acatou recurso de senadores da oposição e determinou a realização da perícia solicitada pela defesa para produção de provas. Uma junta de três técnicos do Senado será responsável pelo procedimento, que terá prazo de 10 dias.

A perícia estudará os quatro decretos orçamentários e os repasses para o Plano Safra, todos do ano de 2015, que são objeto do julgamento da comissão. Os senadores membros terão 48 horas para protocolar os elementos que queiram ver analisados pela perícia e para indicarem peritos assistentes. A partir dessa definição, a junta terá o prazo de 10 dias para concluir o trabalho.

O grupo deverá ser formado pelos consultores Diego Prandino Alves e João Henrique Pederiva, da Consultoria de Orçamentos, Fiscalização e Controle, e por Fernando Álvaro Leão Rincon, diretor da Secretaria de Finanças, Orçamento e Contabilidade do Senado. Diego Brandino Alves foi indicado coordenador da junta pericial. O presidente da Comissão, Raimundo Lira (PMDB-PB), determinou que os senadores terão 24 horas para avaliar se há suspeição de algum dos peritos designados.

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) comemorou a decisão de Lewandowski e lembrou que o Senado já emitiu parecer técnico que contesta a análise do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre os fatos julgados pela Comissão do Impeachment. O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) disse que a decisão demonstra “sensibilidade”, e também pediu um prazo adicional de 24 horas para verificar a compatibilidade dos peritos escolhidos pela presidência da comissão.

O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) disse que aceita a decisão, mas pediu que as deliberações da comissão sejam respeitadas e o cronograma de trabalho seja seguido. O senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) alertou que o momento do país exige que a comissão dê andamento célere às decisões, respeitando o devido processo legal.

Indeferimentos

Lewandowski ainda indeferiu outros dois recursos. Um deles, de Caiado, argumentava que o presidente do STF não deveria decidir sobre questões de mérito do processo de impeachment. Lewandowski respondeu que seu papel é afastar possíveis nulidades independentemente de sua natureza. O segundo recurso, dos autores da acusação, contestava o prazo dado à defesa para que substituísse testemunhas. Lewandowski entendeu que essa foi uma decisão do colegiado que deveria ser respeitada.

Fonte: Agência Senado

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Como diz o ditado, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.
    O STF determinar a perícia na papelada dos golpistas, é obrigação.
    O STF mandar o LULA pro Moro, é só confirmação de sua participação no golpe.
    Moro vai passar a vida procurando uma acusação contra LULA.
    E só vai achar coisas do tipo que disseram os delatores comprados e torturados pela novelinha global Vaza Jato.
    Eu acho, suponho, desconfio…
    O STF assumiu o protagonismo do golpe. Agora é sua vez.
    E não vai prender o Cunha, porque ele é o Super Vice Presidente.
    O delinquente, como disse Janot, todo poderoso, tem uma bomba nas mãos que poderá destruir os políticos e até respingar nas demais Instituições falidas da República.
    Agora pensem um pouquinho, tudo isso acontecendo porque a DILMA não quis de corromper pela chantagem dos poderosos aliados de Cunha.
    Todos atolados até o pescoço na Lava Jato do Moro.
    Mas, contra eles não pode!

  2. Estou guardando seu comentário, ah vitoria esta breve!!!

  3. Não adianta manobras jurídicas nem a procrastinação do processo. A sumidade da Dilma está fora.

    Quanto a Lula, o encaminhamento do processo para o juiz que comanda brilhantemente a Lava Jato é lícito e necessário uma vez que o cidadão em questão deve ser investigado, julgado e preso como qualquer outro criminoso comum.

    O que há de errado? Se for inocente (kkkkkkkkk) não tem o que Temer (kkkkkkk)!

    • Ai você já fez o inquérito, o julgamento e condenação. Bom, para mim a sua opinião é mais uma amostra de como o brasileiro é desprovido de cultura. Em um país onde o cidadão com formação política, no mínimo somente iria concordar com a situação para que o “réu” Lula possa se defender das acusações. Mas como você é “apartidário” vai se esperar algo diferente!

      • Pois é Partidário, infelizmente a justiça oficial não é tão célere como a minha de cidadão e contribuinte lesado.
        Na verdade, não é um julgamento, nem poderia, é apenas uma opinião e desejo.
        Só os partidários desse partido corrupto não querem enxergar a ilicitude desse ex presidente da república, bem como de seus familiares.
        Mas, voltando o processo para onde não deveria ter saído, espero que justiça seja feita e os que ainda não foram presos que o sejam.

    • Você é daqueles com dois pesos e duas medidas, o PMDB desde que esta no governo, meia dúzia de dias é escândalo atrás de escândalo, indícios de corrupção por parte dos seus deputados, mas neste caso Temer já não deve cair e ser julgado?

      Você é daqueles brasileiros que merece ser mesmo roubado e passar mal.