Perdeu, Moro. Lula assume Casa Civil às 10h desta quinta-feira

Juiz Sérgio Moro cometeu ilegalidade ao grampear a presidente Dilma Rousseff e vazar o áudio para a TV Globo -- principal instigadora do golpe contra a democracia; magistrado perdeu porque Lula tomará posse nesta quinta-feira, dia 17, às 10 horas, com direito a transmissão ao vivo pelo Blog do Esmael para o Brasil e o mundo.

Juiz Sérgio Moro cometeu ilegalidade ao grampear a presidente Dilma Rousseff e vazar o áudio para a TV Globo — principal instigadora do golpe contra a democracia; magistrado perdeu porque Lula tomará posse nesta quinta-feira, dia 17, às 10 horas, com direito a transmissão ao vivo pelo Blog do Esmael para o Brasil e o mundo; nomeação do ex-presidente foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

O juiz Sérgio Moro chutou o balde, nesta quarta-feira (16), depois que o ex-presidente Lula foi nomeado para a Casa Civil. O magistrado cometeu a ilegalidade de grampear a presidente Dilma Rousseff e vazou o áudio para a TV Globo — principal instigadora do golpe contra a democracia.

Moro perdeu porque Lula tomará posse nesta quinta-feira, dia 17, às 10 horas, com direito a transmissão ao vivo pelo Blog do Esmael para o Brasil e o mundo. A nomeação do ex-presidente foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

Além de Lula, a presidente também nomeará os ministros da Justiça (Eugênio Aragão), da Secretaria da Aviação Civil (Mauro Lopes), e do chefe de gabinete da presidente (Jaques Wagner).

Os grampos e vazamento do diálogo entre Lula e Dilma causou protestos no mundo jurídico e político brasileiro. A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) criticou dizendo que o áudio deveria ser enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) ao invés da Globo.

A presidente Dilma prometeu processar o juiz Sérgio Moro.

A nomeação de Lula animou as manifestações de sexta-feira (18) conta o golpe jurídico-midiático perpetrado pela parceria Moro-Globo.

Comentários encerrados.