Coluna do Alvaro Dias: O Brasil precisa se livrar do ar contaminado da corrupção

pv

Em sua coluna desta quarta-feira, o senador Alvaro Dias (PV) fala do engajamento em seu novo partido, das suas propostas e bandeiras. Segundo Alvaro, além da tradicional defesa da sustentabilidade, o Partido Verde se mobiliza contra o atual modelo de governabilidade baseado no balcão de negócios instalado em Brasília. Segundo ele, o PV foca na compatibilização entre a preservação ambiental e o crescimento econômico. Para o senador, o seu papel enquanto oposição ao governo do PT é produzir alternativas ao atual modelo de coalizão. Leia, ouça comente e compartilhe.

Alvaro Dias*

Estive, na semana passada, em Brasília e São Paulo — e estarei no próximo sábado (5/3) em Curitiba — em eventos promovidos pelo Partido Verde, ao qual me filiei no mês de janeiro. Agradeço a receptividade dos membros do PV, especialmente do presidente José Luiz Penna, e acredito que, neste momento de crise econômica e ética no País, temos o dever de produzir alternativas para o País.

Além das bandeiras imprescindíveis que o PV sempre carregou, como a defesa da sustentabilidade, o partido tem como meta a mobilização na luta contra o atual modelo de governabilidade, o balcão de negócios, que é a fábrica de escândalos de corrupção no Brasil.

Mudei de partido porque era meu dever buscar uma ferramenta política moderna, que pensa com competência sobre o futuro do País. E é praticamente impossível encontrar legenda que tenha bandeiras tão importantes para a população brasileira como tem o Partido Verde, que foca na compatibilização entre preservação ambiental e crescimento econômico, mas que avança para uma preocupação maior neste momento de tragédia política, com a maioria dos brasileiros estarrecidos com a banalização da corrupção.

Hoje, diante de inúmeras irregularidades denunciadas pela Operação Lava-Jato, temos que ressuscitar as esperanças de um futuro onde corrupção e impunidade não sejam a regra. Este modelo de governabilidade tem que ser sepultado definitivamente, e eu destaco a postura do PV, que jamais compartilhou da tese de que somente é possível comandar o Brasil com o balcão de negócios.

Nossa missão, na oposição ao governo do PT, é produzir alternativas, até porque esse modelo atual do presidencialismo de coalizão está desacreditado, está falido. Esse modelo tem que ser sepultado, e para isso, precisamos oferecer nossa contribuição, propondo um modelo competente e capaz de conquistar a confiança do povo brasileiro. Esta é a nossa missão. O País está cansado do ar contaminado da corrupção e precisa, urgentemente, de oxigenação, ar puro, ética e transparência.

*Alvaro Dias é senador pelo Partido Verde. Ele escreve nas quartas-feiras para o Blog do Esmael sobre “Ética na Política”.

21 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to say I am just very new to blogs and really savored this web page. Likely I’m likely to bookmark your blog . You amazingly come with fantastic writings. Cheers for sharing with us your blog.

  2. E aí, senador?!? Amanhã o senhor virá com discursos golpistas ou vai defender a democracia?!?

  3. Eis a personificação da hipocrisia. Sujeitinho ventana.

  4. O país precisa se ver livre de você,pilantra!!!

  5. sr.alvaro dias esta luz que você diz que não pode ser apagada,nem as suas vão ser esquecidas cavalos e a venda do banco e da telepar cade o dinheiro que la estava.

  6. SR,Alvaro dias tenho certeza que dias melhores a de vir,a venda do banco do parana e a venda da telepar,caira em suas costas ai veremos quem e que contaminou a ar la no passado,nós jamais esqueceremos,como também os cavalos encima de professores,beto lixo lhe segue como mal exemplo na EDUCAÇÃO.como lixo gosta de lixo eles se juntam sempre no final.

  7. Se a moda pega, você vai junto.

  8. Antes tarde do que nunca senador, com o avançar da idade o céu ou o inferno começam a aparecer no horizonte avisando que o momento da prestação de contas se aproxima.. É hora de redimir a alma e parar de pecar, muito bem, deixou a companhia das turbas do mal, como Beto Richa, FHC e suas legiões malignas…

    Apoiado o seu voto,a Petrobrás não dá conta de explorar o pré-sal, NEM PREÇO JUSTO PARA COMBUSTÍVEL TEM..
    Não dê bola para os comentários tolos do pessoal do blog, a maioria é de gente que produziu muito pouco nessa vida..

  9. Senador Álvaro Dias continua tucaníssimo, só tingiu as penas de verde.

  10. Votando para entrega do pré-sal, e se diz contra a corrupção, e as casas de 4 Milhões, não se fala mais nada. Serra já tinha o nome sobre a entrega do pré-sal, e a no 1 ano já se empenha na entrega e o senhor o ajuda, qual o motivo?

  11. o partideco pv quer dizer pERvERTIDO…

  12. E por isto que o sr está se fazendo de morto? Pra ninguém se lembrar das suas lambanças? Agora está aí dando uma de paladino da moral….vai pra casa cuidar do seu lindo cabelinho….

  13. Pede pra sai!!! e vai pra sua fazenda em Porecatu/Florestopolis.Não esquece de chamar o Brandão e o Galvão.

  14. Renuncia que já ajuda.

  15. SR,alvaro por falar em corrupção cade as do banestado .

  16. E o Alvaro Dias vai defender a liberação da marofa, bandeira histórica do PV?

  17. A partir do momento em que o PV aceitou a filiação do Sr. Alvaro Dias podemos supor que o partido já estava contaminado, mesmo antes do ingresso de Dias.
    Não se joga lixo numa área limpa. O lixo é jogado em depósitos de lixo. Será uma reciclagem ou compostagem que salvará o lixo que brota da ditadura do Paraná?

  18. Que tal por uma tampa sobre o Congresso? Isso faria o ar ficar bem mais puro.
    Aproveita para por uma sobre o sítio do amigo e sobre o Guarujá. Daí limpa o ar de vez.