“FHC comprou a mídia, a reeleição e a namorada”, diz Requião

do Brasil 247

requiao_FHC

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) pôs neste sábado, 20, lenha na fogueira acendida pela jornalista Mirian Dutra em torno do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB); Requião classifica o ex-presidente tucano como “comprador”, pela revelação de que utilizou esquema ilegal de envio de dinheiro ao exterior para sustentar sua ex-amante, que foi funcionária da Globo por 35 anos; “Ele é comprador juramentado e militante, comprou a namorada, a reeleição e a mídia? O famoso quem? Diga aí! Mas vendeu o Brasil?”, escreveu Requião no Twitter.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) usou as redes sociais neste sábado, 20, para criticar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) pelo suposto esquema ilegal que utilizou para sustentar a ex-amante Mirian Dutra.

“Ele é comprador juramentado e militante, comprou a namorada, a reeleição e a mídia? O famoso quem? Diga aí! Mas vendeu o Brasil?”, escreveu Requião no Twitter.

Em entrevista à revista BrazilcomZ e à Folha de S. Paulo, a jornalista Mirian Dutra revelou que Fernando Henrique, enquanto presidente da República, utilizou empresa concessionária, a Brasif Importação e Exportação, para enviar dinheiro para o exterior, por meio de uma offshore aberta em paraíso fiscal, para Mirian, numa espécie de pensão camuflada para o filho que ele acreditava ser dele.

Sobre “ter comprado” a mídia, Requião refere-se ao fato de FHC ter se associado ao ex-editor da revista Veja Mario Sérgio Conti para fraudar uma notícia com o objetivo de mentir ao País sobre a gravidez de Mirian Dutra, afirmando que o filho que ela esperava era de um biólogo.

O senador peemedebista se referia à articulação do ex-presidente tucano por meio de compra de votos de parlamentares que garantiu à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que garantiu sua reeleição em 1998.

Como bem lembrado pela jornalista Nathalí Macedo, em artigo publicado no DCM, houve também o abuso a que foi submetido uma mulher, sacrificada em nome de um projeto de poder, que uniu FHC, empresários e grupos de comunicação (leia mais).

22 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Hello Web Admin, I noticed that your On-Page SEO is is missing a few factors, for one you do not use all three H tags in your post, also I notice that you are not using bold or italics properly in your SEO optimization. On-Page SEO means more now than ever since the new Google update: Panda. No longer are backlinks and simply pinging or sending out a RSS feed the key to getting Google PageRank or Alexa Rankings, You now NEED On-Page SEO. So what is good On-Page SEO?First your keyword must appear in the title.Then it must appear in the URL.You have to optimize your keyword and make sure that it has a nice keyword density of 3-5% in your article with relevant LSI (Latent Semantic Indexing). Then you should spread all H1,H2,H3 tags in your article.Your Keyword should appear in your first paragraph and in the last sentence of the page. You should have relevant usage of Bold and italics of your keyword.There should be one internal link to a page on your blog and you should have one image with an alt tag that has your keyword….wait there’s even more Now what if i told you there was a simple WordPress plugin that does all the On-Page SEO, and automatically for you? That’s right AUTOMATICALLY, just watch this 4minute video for more information at. Seo Plugin

  2. But…but…we HAVE to keep Robert Sacre!!! He is a once in a lifetime PRODIGY! The GOAT himself! What do you MEAN his upside is nonexistent!! The mere THOUGHT of cutting him is SACRElegious!
    replica cartier baignoire Automatische

  3. I simply want to mention I’m very new to blogging and site-building and certainly loved your website. Likely I’m want to bookmark your website . You amazingly come with wonderful writings. With thanks for revealing your webpage.

  4. cartierbraceletlove Looks like it was something stronger than Paxil….
    love bracelet imitation

  5. Ты хоть знаешь правильное определение слова «террорист»? Умник…
    replica orologi cartier uomo

  6. The best and complete article on knife sharpening so far. Complete guide. Hats off to the writer.
    cartier rotonde or jaune

  7. cartierbraceletlove Sensible wasn’t a word I thought people would use to describe this. But I like it! Consider the compliment taken, Bobbi.
    replique cartier bleu ballon [url=http://www.orologipopolari.net/fr/cartier-ballon-bleu-watches-c88/]replique cartier bleu ballon[/url]

  8. O Requião não fez a lista completa. FHC comprou o silêncio da Globo também. Ou aceitou a chantagem da Globo. Tanto faz…

  9. O ramo materno da família do senador Aécio Neves (PSDB-MG) beneficiou-se de dois rombos no sistema financeiro brasileiro, que o levaram a consumir R$ 1,25 bilhão de recursos do Proer (Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Fortalecimento do Sistema Financeiro Nacional), parte coberta pelos cofres públicos. Ocorreu entre 1996 e 1998, período em que o país era governado por Fernando Henrique Cardoso.

    Antes da história, uma explicação rápida: o Proer foi criado por FHC, sob o argumento de sanear o sistema financeiro, transferindo a parte boa de bancos quebrados para outros bancos considerados saudáveis, enquanto o Banco Central ficava com a parte podre, ou seja, o que levasse ao rombo e à quebra do banco. Digamos assim: foi um jeito encontrado para privatizar os lucros e socializar os prejuízos.

    Pois bem. Em seu segundo casamento, Inês Maria Neves de Faria, mãe do senador, uniu-se ao banqueiro Gilberto de Andrade Faria, já falecido, que à época era dono do extinto Banco Bandeirantes. Muito mais que limitar-se a ser a “primeira-dama” do banco, Inês foi acionista da empresa e fez parte do seu Conselho de Administração entre 1992 e 1998. Chegou mesmo a responder a processo administrativo, aberto pelo Banco Central por irregularidades e até a ser multada.

    O banco da família de Aécio foi um dos primeiros da fila a se dar bem com o Proer criado pelo governo tucano: ganhou – sem licitação – a parte “saudável” do Banorte, liquidado extrajudicialmente em maio de 1996. Resultado disso: o Bandeirantes ficou com 81 agências a mais e toda a clientela boa do Banorte, enquanto os cofres públicos ficaram com o rombo a pagar – o Proer de FHC liberou módicos R$ 1,256 bilhão para dar um “empurrãozinho” na operação e, assim, “garantir a reestruturação do sistema financeiro”.

    A aquisição do Banorte pelo Bandeirantes foi polêmica desde sempre. Em 2002, o juiz da 10ª Vara Cível do Recife, Luiz Gomes da Rocha Neto, anulou a venda, alegando em seu voto ter detectado sinais de favorecimento ao banco da mamãe Neves.

    Na sentença, reproduzida aqui de reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, diz o juiz : “Em 24 horas decretou-se a intervenção do Banorte (…) estabeleceram-se bases e diretrizes da operação; preparou-se contrato (…) reuniu-se a diretoria do Banco Central; encaminhou-se o voto favorável do Bacen ao Conselho Monetário Nacional; que se reuniu na mesma data, apenas com os integrantes constantes da ata, que concedeu instantaneamente seu Aprovo; e celebrou-se o contrato; tudo, repito, em 24 horas (…) Essa assombrosa e questionável operação contratual representou desprezo pelo patrimônio, nome e fundo de comércio do Banorte e foi uma carta branca ao Bandeirantes (…) Houve muita pressa na celebração do pacto, tanto que cláusulas e condições totalmente em aberto foram incorporadas e inexplicavelmente mantidas nos instrumentos contratuais”.

    O que tomaria ares de escândalo maior, se não tivesse sido abafado pela mídia tradicional é que, menos de dois anos depois de ter adquirido o Banorte sem esforço, o próprio Banco Bandeirantes anunciou estar quebrado – que levou ao famoso caso de intervenção do Banco Central para que a empresa fosse vendida pelo valor de R$ 1 (sim, um real e nada mais) para o banco português Caixa Geral de Depósitos.

    A falência do Bandeirantes em tão curto prazo após ter adquirido o Banorte demonstra que o Banco Central deixou de aplicar o devido rigor técnico em 1996. Se o tivesse feito, constataria a falta de condição de assumir o Banorte, pois já tinha problemas de alavancagem e de falhas de gestão que se agravaram logo depois.

    Mesmo vendido à R$ 1 e deixando rombos para os cofres públicos e o povão cobrir, os antigos controladores do Bandeirantes mantiveram suas fortunas. Um jatinho avaliado em R$ 24 milhões com prefixo PT-GAF, que pertenceu a Gilberto Faria, era usado pelo senador Aécio Neves em 2011.

    Paraísos

    Junte-se a este escândalo nunca devidamente abordado pela nossa mídia tradicional a notícia divulgada pelo jornalista Luis Nassif em janeiro deste ano de que a Operação Norbert da Polícia Federal, deflagrada em fevereiro de 2007, encontrou na mesa da casal de doleiros Christiane Puchmann e Norbert Muller uma procuração em alemão aguardando a assinatura de Inês Maria, uma das sócias da holding Fundação Bogart & Taylor – que abriu uma offshore no Ducado de Lichtenstein, conhecido paraíso fiscal.

    Segundo Nassif “os procuradores avançaram as investigações e constataram que a holding estava em nome de parentes de Aécio Neves: a mãe Inês Maria, a irmã Andréa, a esposa e a filha”. Como o caso envolvia um senador da República, os três procuradores o desmembraram do inquérito principal e encaminharam o caso ao então Procurador Geral da República, Roberto Gurgel. Foi no mesmo período em que Gurgel engavetou uma representação contra o então senador Demóstenes Torres. O caso parou na gaveta de Gurgel. No próximo mês deverá ser apreciado pelo atual PGR, Rodrigo Janot. Há uma tendência para que seja arquivado. Alega-se que Aécio não seria titular da conta – que está em nome de familiares – mas apenas beneficiário (…)”.

    Como a notícia de Nassif foi publicada em janeiro, o “próximo mês” foi fevereiro passado. Não há notícias do andamento desta investigação, que já completa oito anos na gaveta, nem nas cortes superiores no caso de Aécio, nem sobre o desmembramento para seus parentes serem investigados na Justiça Federal do Rio de Janeiro.

    Os casos envolvendo Aécio Neves vão se acumulando e lotando gavetas: lista de Furnas, bafômetro e carros de luxo pessoais em nome de rádio, Proer, primo tesoureiro de campanha na diretoria da Cemig, Mineirão sem licitação, negócios ruins para a Cemig e bons para a Andrade Gutierrez, construção de aeroporto em fazenda de tio etc.

    Será que para o Ministério Público Federal abrir essa gaveta será preciso esperar que o MP de Lichtenstein ou da Suíça aja primeiro? Assim como ocorreu com Cunha, cuja investigação veio da Suíça, enquanto no Brasil o processo contra o deputado estava na gaveta desde 2006. E o povo pagando a conta.

  10. É as verdades ainda estão muito longe,da verdadeira INVESTIGAÇÃO justiça fraca partidária parcial e CORRUPTA.

  11. Além destas compras também tem uma pequena fazenda com algumas pequenas benfeitorias, Aero porto ao lado etc.

  12. A diferença e que um gosta de mulher, e o outro gosta de mamona

  13. Me da tremedeira quando lembro que o CheirAécio quase ganhou a eleição com certeza ele colocaria o FHC Gagá de Ministro da Economia e nos essas horas estaríamos todos ferrados

  14. comprou o ministerio publico,o tal juiz moro,a imprensa golpista e mais alguns pinduricalhos.e ai Moro nao vai investigar a lavandaderia da globo no conjunto solaris,vai afinar.eu tenho certeza que ja afinaram.voces so prestam pra prender pobre,preto e petista.a turminha do aecio po nada de braçada roubando os paranaenses aqui no parana atraves do desgoverno do pia de predio,em sao paulo o Merendao ,trensalao,fechando escolas do desgoverno do picole de chuchu e ainda tem coxinha falando que acha que a tal justiça seletiva do tal juiz moro uma beleza.

  15. sera que um dia veremos algum dos do psdb,atras das grades mais de 71 dias um petista com coração de psdb ficou 70 dias.

  16. FHC inventou o bolsa amante de u$$3.000.00 e comprou apartamento no exterior com dinheiro desviado .Vergonha FHC

  17. MUITAS VEZES A QUESTÃO NEM E O partido E SIM O carater DE CADA UM DELES,beto lixo,fhc,aécio pó,POR ISSO FICO COM REQUIÃO.

  18. BELO EXEMPLO QUEM UM DIA FOI PRESIDENTE DO BRASIL,ISSO E psdb OS QUE DIZEM DEFENDER O BRASIL,É RUIM EM AMIGO DE BETO LIXO DO PR.

  19. Muito bem uns ate hoje e só elogio a F H C,pois este vendeu parte do pais ficamos com menos Riqueza na globalização foi MUITO bom pra eles não para o pais,na realidade crescemos diante da midia mundo a fora mas nossas RIQUEZA ???.PRA FINALIZAR JUNTA fhc E psdb + GLOBO =A LIXO DE MARIANA.

  20. Acho que levará mais de uma centena de anos para o Brasil recuperar-se da tragédia FHC.

  21. Mas esse é o “modus operandi” de toda a politicalha.
    FHC comprou a maldita reeleição, e tá feito a
    Poupança Bamerindus: numa boa.
    Neudo Campos é foragido da justiça, e o povo elegeu
    quem para governar Roraima? A sua amantíssima
    esposa, Suely Campos.
    “Novesfora” a urna eletrônica justifique isso, quem
    sou eu para criticar a politicalha corrupta, se o
    povo (vox populi, vox Dai) os ama?

  22. Ele comprou com dinheiro do povo safado