CPI na Câmara Federal debate ‘crimes cibernéticos’ de comissionados no governo Beto Richa; assista ao vídeo

arruda_cpiO deputado federal João Arruda (PMDB), na CPI de Crimes Cibernéticos, esta semana, levantou a necessidade de investigar cibercomissionados do governo Beto Richa (PSDB).

Segundo denúncia de Arruda, que é membro da comissão de investigação na Câmara, o Palácio Iguaçu estaria utilizando estrutura oficial para atacar anonimamente adversários políticos do governador.

Ainda de acordo com o parlamentar, os cibercomissionados, criminosamente organizados pela Tenda Digital, além do cargo em comissão, usam telefones celulares e computadores pertencentes ao erário.

Durante a greve dos professores do Paraná, no primeiro semestre, essa Tenda Digital operou no submundo virtual para difamar, denegrir e criar cizânia entre a categoria que reivindicava melhor qualidade da educação.

A seguir, assista a um trecho da intervenção de João Arruda na CPI de Crimes Cibernéticos:

Comentários encerrados.