Censura na rede? Link de discurso de Requião Filho “some” do Facebook

censuraO deputado estadual Requião Filho (PMDB) está denunciando que uma publicação feita nesta terça-feira (27) teria sumido de sua página no Facebook. A postagem continha o vídeo de um discurso na Assembleia Legislativa.

No discurso, o deputado fala da confusão entre professores e convidados de um jantar promovido pelo governador Beto Richa (PSDB). Requião Filho faz referência a um vídeo feito na entrada do restaurante no qual um assessor do governo chama os professores de “mortos de fome” e “comedores de mortadela”.

A resposta no discurso do deputado foi: “Se os professores são mortos de fome é porque o governador, do SEU partido, não lhes pagou a data-base que era devida. É porque o seu governo não paga as horas-aula devidas, não acerta o salário dos professores. Se são mortos de fome, a culpa é do governador”.

Ele ainda desafiou o assessor a pedir desculpas ou demissão. “Quem chama professor de morto de fome não tem moral, nem merece o cargo que tem”, completou.

Confira o vídeo “censurado” com o discurso de Requião Filho:

O deputado acredita que o ataque possa ter sido mais uma ação da “tenda digital”, formada por militantes ligados ao governador Beto Richa, responsáveis por monitorar as redes sociais.

Comentários encerrados.