Governistas anunciam “acordo” pelo fim da greve; APP-Sindicato convoca assembleia para terça-feira

Publicado em 3 junho, 2015
Compartilhe agora!

Afoito, Palácio Iguaçu põe carroça na frente dos bois ao divulgar fotos de suposto acordo antecipado pelo fim da greve; APP-Sindicato convoca assembleia de avaliação para terça-feira, dia 9, em Curitiba; outras categorias, como os professores universitários, reprovam proposta de Beto Richa; “A greve continua e segunda-feira não tem aula”, garante Marlei Fernandes, coordenadora do FES (Fórum de Entidades Sindicais).
Afoito, Palácio Iguaçu põe carroça na frente dos bois ao divulgar fotos de suposto acordo antecipado pelo fim da greve; APP-Sindicato convoca assembleia de avaliação para terça-feira, dia 9, em Curitiba; outras categorias, como os professores universitários, reprovam proposta de Beto Richa; “A greve continua e segunda-feira não tem aula”, garante Marlei Fernandes, coordenadora do FES (Fórum de Entidades Sindicais).
Os deputados da proa governista intensificam nas redes sociais a versão segunda qual eles “já fecharam” acordo com a direção da APP-Sindicato pelo fim da greve dos professores e funcionários de escolas. Os educadores estão paralisados há quase 40 dias e a intransigência do governador Beto Richa (PSDB) em negociar deixa 1 milhão de alunos sem aula.

“Chegamos a um acordo de reajuste salarial, juntamente com o líder do governo, presidente da Assembleia e APP”, anotou o governista Alexandre Curi (PMDB).

O líder do governo na Assembleia, Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), também comemorou pelo Facebook: “Chegamos a um acordo!”.

Pelo pré-entendimento, a data-base vai a janeiro nos anos de 2016 e 2017. Mas retorna ao mês de maio no ano de 2018.

“Não tem acabou a greve. Não tem aula segunda-feira. Até que seja realizada uma assembleia e definido coletivamente”, desconversou Marlei Fernandes, diretora da APP-Sindicato.

“A assembleia de terça-feira, em Curitiba, será de avaliação. Teremos reunião nos 29 núcleos da APP-Sindicato”, disse.

Ouça o áudio

O Blog do Esmael entrevistou no início desta noite o diretor de comunicação da APP-Sindicato, Luiz Fernando Rodrigues. Ele disse que a proposta do governo não era a que desejavam, mas será apreciada em assembleia da categoria entre sábado e segunda-feira.

Outras categorias do serviço público em greve, como os professores universitários, manifestaram-se contra a proposta de Beto Richa e pela manutenção da paralisação.

Compartilhe agora!

Comments are closed.