Por Esmael Morais

Prefeito de Assaí (PR) esclarece sobre compra de fazenda

Publicado em 18/04/2015

luiz_vicente

O prefeito Luiz Vicente, o Mestiço, do município de Assaí, Norte do Paraná, encaminhou ao Blog do Esmael nota de esclarecimento acerca do post “Primo de Richa é investigado por compra de fazenda com dinheiro suspeito de corrupção“, publicado na noite de ontem (17). Abaixo, leia a íntegra:

Nota de Esclarecimento:

Que o Senhor Luiz Alberto Vicente, Prefeito do Município de Assaí, vem pela presente esclarecer que até o presente momento desconhece que paire sobre sua pessoa qualquer tipo de investigação junto ao GAECO (Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado) ou qualquer outro órgão com poderes e competência para esse objetivo. Que conta com a certeza de que tais órgãos atuam com grande clareza, transparência, competência e imparcialidade em suas funções institucionais.

Que comentários envolvendo imóvel localizado no município de Assaí são caluniosos e possuem conotação política, tendo em vista que o referido bem é de minha propriedade, inclusive tendo sido declarado a Justiça Eleitoral por oportunidade de minha candidatura. No local havia sim a intenção de implantação de empreendimento imobiliário razão pela qual foi firmado termo de parceria com a empresa citada em matéria divulgada neste respeitado blog, ocorre que tal contrato também possuía cláusula resolutiva, o que acarretaria, caso a empresa não executasse a infra estrutura no prazo estipulado, a rescisão imediata do referido termo, mantendo-se o imóvel no estado anterior, ou seja, na propriedade do Senhor Luiz Alberto Vicente.

Que no período em que estive a frente do DETO – Departamento de Transporte do Estado do Paraná, o que ocorreu por aproximadamente 02 anos, desconheço completamente que tenha ocorrido qualquer irregularidade. Durante minha gestão junto ao referido departamento, foram realizadas grandes aquisições de veículos, que transcorreram dentro de todos os padrões de legalidade e de forma isenta a qualquer interesse particular.

Diante dos esclarecimentos acima, me mantenho como sempre me mantive a disposição da justiça, dos meus eleitores e amigos para quaisquer outros esclarecimentos que se fizerem necessários para que não reste qualquer resquício de dúvida sobre minha conduta.