Golpistas pró-Aécio marcham neste sábado pelo impeachment de Dilma

veja_intervencao.jpgEnsandecidos pela velha mídia, que atua como braço político do PSDB, os golpistas prometem sair à s ruas neste sábado (15) pela derrubada do governo democraticamente reeleito de Dilma Rousseff (PT).

O movimento golpista de extrema-direita agendou para as 14 horas na maioria das capitais do país o início do protesto que pede o impeachment da presidenta e até intervenção de militares para destituí-la.

A atividade da tarde de hoje tem similaridade com aquelas que a elite venezuelana fizera, no começo deste ano, objetivando derrubar o presidente Nicolás Maduro.

A marcha golpista deste sábado foi precedida de blitzkrieg da mídia e da PF contra a corrupção!, haja vista que os vazamentos de deleções premiadas terem sido basicamente contra autoridades que mantêm relações com petistas.

As manifestações de logo mais terão a retaguarda da ONG norte-americana Ong Brazil No Corrup. O objetivo é um só: derrubar a presidenta Dilma.

Paralelamente, investigações contra políticos do PSDB não avançam na PF. Nem que a vaca tussa. Vide o Caso Helicoca!, recordado pelo jornalista Paulo Nogueira do DCM.

A extrema politização da PF e da mídia põe em xeque as investigações em curso sobre supostos desvios na Petrobras. As espetaculares prisões de empreiteiros, talvez todos culpados, talvez não, também comprometem a eficácia da Operação Lava Jato.

A marcha pelo golpe tem como objetivo tomar o poder político para o senador Aécio Neves (PSDB), derrotado nas urnas em outubro. O tucano ainda não assimilou que fora rejeitado pelos brasileiros e seus movimentos, como o de ontem, em São Paulo, são sincronizados com a mídia e a PF.

No começo deste mês, em Curitiba, o movimento golpista foi um fracasso retumbante (clique aqui para relembrar).

Comentários encerrados.