Por Esmael Morais

Gleisi: Professores foram submetidos a tratamento inaceitável e vergonhoso!

Publicado em 05/11/2014

alepn.jpg

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) emitiu uma nota oficial condenando o episódio em que professores foram retirados ontem (4) a socos e pontapés! das galerias da Assembleia Legislativa do Paraná, por determinação do deputado Valdir Rossoni, presidente da Casa e do PSDB no estado. Ela também critica! a forma como foi aprovada a prorrogação dos mandados dos diretores das escolas estaduais, por iniciativa do governador Beto Richa (PSDB).

Leia a seguir a íntegra da nota da senadora Gleisi:

Além de condenar a truculência, o desrespeito e a crueldade de trato do governador Beto Richa e seus aliados com os representantes dos professores, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) vem a público solicitar a atenção dos paranaenses para os seguintes pontos:

1) Os professores foram à  Assembleia Legislativa do Paraná protestar, de forma legítima e democrática, contra a prorrogação do mandato dos atuais diretores e diretores auxiliares. A mudança feita de cima para baixo, sem debate e sem transparência, fere a legislação e a democracia.

2) Retirados à  força da sede da Assembleia, casa que deveria ouvi-los, abrigá-los e confortá-los, os professores foram submetidos a tratamento inaceitável. As imagens mostram que foram vítimas de socos e cotoveladas. Uma professora e um diretor foram encaminhados ao hospital para fazer exames, com suspeitas de fratura.

3) à‰ vergonhoso que os aliados do governador, com o objetivo de aprovar à s pressas uma mudança imposta pelo Palácio Iguaçu, tratem os professores desta maneira indigna. A eles, manifesto minha solidariedade e a solidariedade do meu partido. Nada pode justificar o comportamento exacerbado do comando da Assembleia.

4) à‰ preciso verificar o que está por trás de tamanha hostilidade. E cumpre perguntar por que motivo o Governador esperou passar a eleição para prorrogar os mandatos. Por quê? Por que o assunto não foi discutido antes, no decorrer do debate eleitoral? O governador tem obrigação de dar todas as explicações a respeito.

5) Aprovado pelo Congresso Nacional, o Plano Nacional de Educação dá ênfase à  eleição direta para diretores de escola, com as regras que hoje estão em vigor. Em nome do povo paranaense, pretendo acompanhar todos os desdobramentos deste assunto relevante para pais, alunos, professores e a população do nosso Estado.

Brasília, 5 de novembro de 2004

Senadora Gleisi Hoffmann