Por Esmael Morais

Cotado para o secretariado de Richa, ex-candidato a governador é defenestrado do PTC

O advogado Túlio Bandeira, ex-candidato ao governo do Paraná, foi expulso ontem do Partido Trabalhista Cristão (PTC) por “infidelidade partidária”. Ele apoiou no primeiro turno Marina Silva (PSB), enquanto a direção nacional orientava pelo apoio a Aécio Neves (PSDB). Bandeira não é nenhum craque das urnas, pois obteve apenas 13.700 sufrágios no último domingo (5), o equivalente a 0,23% dos votos válidos do Paraná. Pois bem, o ex-candidato do PTC é cotado para ocupar cargo de primeira grandeza no secretariado de Beto Richa (PSDB), com quem tabelou nos debates e no horário eleitoral gratuito. De acordo com lista vazada ontem pelo Palácio Iguaçu (clique aqui), Túlio Bandeira é lembrado para a Procuradoria Geral do Estado ou até mesmo para a Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. Marcelo Sampaio, nomeado interventor no

Publicado em 09/10/2014

PTC expulsou ex-candidato ao governo Túlio Bandeira, três dias depois da eleição; insuficiência eleitoral?; não; infidelidade partidária!, segundo Marcelo Sampaio, o interventor; Bandeira é cotadíssimo para o primeiro escalão do governo Richa, a partir de 2015, conforme lista vazada pelo Palácio Iguaçu.

PTC expulsou ex-candidato ao governo Túlio Bandeira, três dias depois da eleição; insuficiência eleitoral?; não; infidelidade partidária!, segundo Marcelo Sampaio, o interventor; Bandeira é cotadíssimo para o primeiro escalão do governo Richa, a partir de 2015, conforme lista vazada pelo Palácio Iguaçu.

O advogado Túlio Bandeira, ex-candidato ao governo do Paraná, foi expulso ontem do Partido Trabalhista Cristão (PTC) por “infidelidade partidária”. Ele apoiou no primeiro turno Marina Silva (PSB), enquanto a direção nacional orientava pelo apoio a Aécio Neves (PSDB).

Bandeira não é nenhum craque das urnas, pois obteve apenas 13.700 sufrágios no último domingo (5), o equivalente a 0,23% dos votos válidos do Paraná.

Pois bem, o ex-candidato do PTC é cotado para ocupar cargo de primeira grandeza no secretariado de Beto Richa (PSDB), com quem tabelou nos debates e no horário eleitoral gratuito.

De acordo com lista vazada ontem pelo Palácio Iguaçu (clique aqui), Túlio Bandeira é lembrado para a Procuradoria Geral do Estado ou até mesmo para a Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos.

Marcelo Sampaio, nomeado interventor no PTC paranaense, veta a participação do ex-candidato do partido no governo Richa. Segundo ele, a agremiação tem outros quadros para o primeiro escalão do tucano.

Agora, Túlio diz que apoia Aécio no segundo turno. Mas para o PTC os meios não justificam os fins.