Richa deflagra “Operação Vai Que Cola?” ao lado de Ratinho e J. Camargo

Neste sábado (27), Beto Richa botou um pé em cada canoa no município de Colombo, região metropolitana de Curitiba, ao desfilar ao lado do ex-prefeito da cidade, J. Camargo, desafeto da atual mandatária Beti Pavin; esforço do governador tucano era para deflagrar a "Operação Vai Que Cola?", que consiste em convencer setores do eleitorado de que a eleição "já está resolvida" a partir de overdose de pesquisas favoráveis e de propaganda no rádio, na televisão, na internet e na rua.

Neste sábado (27), Beto Richa botou um pé em cada canoa no município de Colombo, região metropolitana de Curitiba, ao desfilar ao lado do ex-prefeito da cidade, J. Camargo, desafeto da atual mandatária Beti Pavin; esforço do governador tucano era para deflagrar a “Operação Vai Que Cola?”, que consiste em convencer setores do eleitorado de que a eleição “já está resolvida” a partir de overdose de pesquisas favoráveis e de propaganda no rádio, na televisão, na internet e na rua.

O governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, no esforço de fechar a eleição no primeiro turno, desencadeou neste sábado (27) a “Operação Vai Que Cola?” ao lado do apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, em desfile de carro aberto.

A operação consiste em convencer setores do eleitorado de que a eleição “já está resolvida” a partir de overdose de pesquisas favoráveis e de propaganda no rádio, na televisão, na internet e na rua.

Richa percorreu o município de Colombo, região metropolitana de Curitiba, em cima de uma caminhonete ao lado de Ratinho e do ex-prefeito J. Camargo (PSC), que concorre à  Assembleia Legislativa.

O governador prometeu ontem (26) verba aos colombenses para a reabertura da Santa Casa, fechada em 2012 por falta de recursos.

Promessas à  parte, a prefeita Beti Pavin (PSDB) ficou irritada com a “traição” de Beto Richa que, no dia seguinte (hoje), a trocou por J. Camargo, seu ferrenho adversário em Colombo. O município é oitavo maior colégio eleitoral com 143 mil eleitores cadastrados.

Comentários encerrados.