Por Esmael Morais

“Richa é o patrão do Ibope no Paraná”, acusa Requião

O procurador de Justiça do Paraná, Gilberto Giacóia, chefe do Ministério Público, recebeu nesta quinta-feira (28) um pedido de providências do senador Roberto Requião, candidato ao governo do Paraná, contra o instituto de pesquisa Ibope. No documento protocolado hoje à  tarde, Requião relata que o Ibope tem contratos no valor de R$ 4.631.040,00 com o governo do estado e faz pesquisas sobre a corrida eleitoral para o cargo de governador. Para Requião, o referido instituto possui um patrão!, o Governo do Estado, o que por si só compromete a lisura de qualquer pesquisa por ele divulgada. Na reclamação ao Ministério Público, o candidato do PMDB diz que o Datafolha apresentou um resultado e o Ibope outro totalmente diferente por causa da relação comercial com o candidato/cliente. Segundo o advogado Luiz Fernando Delazari, a campanha peemedebista pede que Giacóia investigue os termos do contrato entre o Ibope/CELEPAR; apontar seus objetivos; verificar o que foi pago até o momento e a que título; constatar se foram realizadas pesquisas do cenário eleitoral ao longo do período contratado; verificar se de fato o contrato atende ao interesse público ou a particular; e, investigar a possível fraude na pesquisa eleitoral realizada e divulgada no dia 25 de agosto de 2014. A seguir, leia a íntegra da representação de Requião no MP: http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/08/Ibope_MPPR.pdf

Publicado em 28/08/2014

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/08/Ibope_MPPR.pdf