Aécio Neves: “Controle dos meios de comunicação é censura”

do Brasil 247

Pré-candidato do PSDB à  presidência criticou nesta manhã o projeto de regulamentação da imprensa defendido pelo PT; "Controle dos meios de comunicação é censura. Liberdade de imprensa é o maior valor numa sociedade democrática", afirmou Aécio Neves; a uma plateia de empresários, em evento promovido pelo jornal O Estado de S. Paulo, tucano atacou o PIB do primeiro trimestre !“ só não foi mais "vexatório" graças ao agronegócio !“ prometeu secretaria para "simplificar a questão tributária" e "tolerância zero" com a inflação.

Pré-candidato do PSDB à  presidência criticou nesta manhã o projeto de regulamentação da imprensa defendido pelo PT; “Controle dos meios de comunicação é censura. Liberdade de imprensa é o maior valor numa sociedade democrática”, afirmou Aécio Neves; a uma plateia de empresários, em evento promovido pelo jornal O Estado de S. Paulo, tucano atacou o PIB do primeiro trimestre !“ só não foi mais “vexatório” graças ao agronegócio !“ prometeu secretaria para “simplificar a questão tributária” e “tolerância zero” com a inflação.

O projeto de regulamentação da imprensa defendido pelo PT foi duramente criticado nesta manhã, em São Paulo, pelo pré-candidato do PSDB à  Presidência da República, Aécio Neves. Ele classificou como “censura” a proposta do partido governista. “Controle dos meios de comunicação é censura. Liberdade de imprensa é o maior valor numa sociedade democrática”, afirmou, em evento promovido pelo Estadão Corpora, do jornal O Estado de S. Paulo.

Aproveitando que falava a uma plateia de lideranças empresariais, Aécio abordou a inflação, o crescimento da economia, o sistema tributário, problemas no setor de energia e defendeu o agronegócio. O pré-candidato prometeu criar uma secretaria para “simplificar a questão tributária” caso seja eleito presidente em outubro. E ainda “tolerância zero” à  inflação: “o centro da meta é que vamos buscar e não o teto. No primeiro ano podemos estreitar as bandas, que hoje são excessivamente largas”, disse. Previsibilidade e regras claras “é o que vamos fazer”, acrescentou.

O presidenciável atacou o crescimento de 0,2% do PIB no primeiro trimestre do ano. Valor só não foi mais “vexatório” graças ao agronegócio, disse Aécio, que aproveitou para defender o setor. Em sua opinião, a troca de cargos no Ministério da Agricultura tem sido feita mais como manobra política do que para a entrada de técnicos e especialistas. “à‰ comum ver indicações que são feitas sem qualquer sintonia com o setor”, disse. “O agronegócio foi o setor que mais investiu em produtividade nos últimos anos, mas a parte do governo não foi feita”, complementou.

Ainda na área econômica, Aécio disse que o governo da presidente Dilma Rousseff trata de forma “pouco amistosa” o capital privado e atacou o “viés autoritário e intervencionista” dos governos petistas. “O Brasil vive um presidencialismo quase que imperial”, disse. Aécio mencionou “falta de vontade política para enfrentar questões essenciais” por parte do governo do PT e concluiu: “o Brasil tem jeito, sim. O problema é o governo”.

11 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. LIBERDADE DE IMPRENSA E UM DIREITO . DESDE QUE SEUS RESPONSAVEIS SEJAM PUNIDOS QUANDO INFRIGEM AS LEIS DE IMPRENSA

  2. O que um Aécio Neves tem para oferecer ao Brasil? Nada! Aécio nada sabe de Brasil, não sabe governar, não tem interesse na Nação, vê o povão como lixo, está voltado unicamente para os interesses próprios e de sua curriola. Na medida que se associa a figuras como Pedro Malan, Armínio Fraga e outros, delega a essas figuras decadentes o futuro na Nação: quebrar novamente o Brasil e arrasar com os menos favorecidos.

  3. Esse cara tem que mostrar serviço. Com essa lenga-lenga não ganha eleição nem pra sindico de cemitério.

  4. AÉCIO NO RODA VIVA. MAIS UM QUE FALA, FALA, FALA, MAS NÃO DIZ NADA DE NOVO. O problema do Aécio, tb, a exemplo dos demais candidatos convencionais do partidarismo-elleitoral, velhaco e vencido, é que elles falam, falam, falam, mas não conseguem dizer nada de novo de verdade ao encontro daquilo que 70% da população está querendo, que são as mudanças de verdade: sérias, estruturais e profundas, que implicam em ruptura. Afeiçoam-se quando muito a mais dos mesmos. Ficam só girando em torno da ordinariedade das coisas e dos problemas, igual o cachorro doido girando em torno do próprio rabo sem sair do lugar comum, não conseguem ser extraordinários em nada. Ficam só no velho trololó, trololó, trololó… (sofismas, bravatas, palanquísmo vazio, 171 eleitoral…), típicos do velho continuísmo da mesmice, das velhas heranças malditas, dos quais o povo está farto há muito tempo, quer se libertar e que, agora, se não encontrar alternativa de verdade a tudo isso aí, está disposto até a votar nulo, em branco ou abster-se, ou, ao invés de votar, voltar às ruas pelo Novo de Verdade, se necessário, se este continuar cercado pelos partidos e pelo golpismo.

  5. Ele ainda é candidato? Pensei que já tinha desistido.

  6. Quer saber…mesmo ?. Não acredito numa palavra do Aécio. Mas por que, Eudes ?. Sem entrar demasiadamente NO MÉRITO embaso-me, TÃO SOMENTE, em 3 (três) SIGNIFICATIVOS ITENS: 1 – As “matérias” apresentadas no seu “Programa de Governo” conta com “dedo digitador” e ELABORADA PELOS “EXPERTS” DA VELHA MÍDIA (vide “figurinhas” ilustrativas “dominando” o Retrato do Aécio, acima); 2 – Depois de DESENCONTROS e SOLAVANCOS, se não me engano já se definiu me parece que o Aécio candidato e não sei quem para Vice. Pois o corriqueiro é um TROPEÇAR NO CALCANHAR DO OUTRO e, pasme, COM DIREITO A FARPAS AS MAIS ESTRANHAS TUDO EM ÂMBITO DOMÉSTICO TUCANO do tipo Aécio/Serra; 3 – O HISTÓRICO DOS TUCANOS É DANTESCO por conta de inúmeros estragos à Pátria, tais como (só uma palhinha): VALE DO RIO DOCE, TRENSALÃO TUCANO, DUAS GESTÕES CONSECUTIVAS DO FHC, PRIVATARIA TUCANA e mais: “FHC deu vexame internacional e levou sermão de Clinton”, “Serra defendeu a Petrobra”x” do PSDB e quer privatizar…”. Assim, considero tudo isso muito deprimente e lamentavelmente sob os “PANOS QUENTES” da aludida Velha Mídia Conivente !. Farinhas do mesmo saco !!!.

  7. Uai, e isso vindo de alguém cuja família controla toda a imprensa mineira, haja óleo de peroba.

  8. Está dando tilt no PSDB. Aécio é contra e o FHC é a favor…