Bancada estadual do PMDB flerta com Requião. Imagina na Copa…

"Imagina na Copa...". Esse é o bordão preferido dos incrédulos que lutam contra a realidade e não creem na capacidade de o país realizar o campeonato mundial da Fifa; falta menos de um mês para o início dos jogos e 35 dias para a convenção do PMDB, que definirá as eleições de 2014; Requião, à  frente nas pesquisas, tem arregimentado estrutura e a bancada estadual, antes hostil, agora o vê com bons olhos!; senador tem rasgado os céus paranaense abordo de um jato chamado "àguia Negra"; depois de três anos, pré-candidata ao Palácio Iguaçu voltou a receber de presente caixas de vinho que, segundo ele, é sinal de que a vitória está muito perto; se a bancada estadual do PMDB já "afrouxou o sutiã" agora, imagina na Copa...

“Imagina na Copa…”. Esse é o bordão preferido dos incrédulos que lutam contra a realidade e não creem na capacidade de o país realizar o campeonato mundial da Fifa; falta menos de um mês para o início dos jogos e 35 dias para a convenção do PMDB, que definirá as eleições de 2014; Requião, à  frente nas pesquisas, tem arregimentado estrutura e a bancada estadual, antes hostil, agora o vê com bons olhos!; senador tem rasgado os céus paranaense abordo de um jato chamado “àguia Negra”; depois de três anos, pré-candidata ao Palácio Iguaçu voltou a receber de presente caixas de vinho que, segundo ele, é sinal de que a vitória está muito perto; se a bancada estadual do PMDB já “afrouxou o sutiã” agora, imagina na Copa…

O senador Roberto Requião está um fofo. Pré-candidato ao governo do Paraná, ele tem distribuído largos sorrisos principalmente entre os delegados à  convenção estadual do PMDB, que próximo dia 20 de junho decidirão ou pela candidatura própria ou pela coligação com o PSDB do governador Beto Richa.

A felicidade de Requião tem nome: as pesquisas de opinião. Há sondagens que já o colocam à  frente até em Curitiba, o maior colégio eleitoral do estado. Nunca é demais recordar que nas eleições de 2010, quando disputou o Senado, o peemedebista amargou o quarto lugar na capital.

Se os números sorriem é natural que estrutura de campanha também surge como num passe de mágica. Requião tem cruzado os céus do estado abordo de um avião a jato chamado “àguia Negra”. O brinquedinho de US$ 6 milhões pertence a seu suplente, Francisco Simeão, conhecido com Chico Rico, que entrou no aquecimento para assumir definitivamente a vaga no Senado.

Nessa conjuntura, onde pesquisas e estrutura sopram favoravelmente, Requião, aos poucos, novamente, vai ficando “mais bonito” aos olhos da bancada estadual. Se antes lhe faziam campanha contra, agora os deputados consideram a candidatura própria. Afinal, todos precisam salvar a própria pele se reelegendo em outubro. Pesquisa por pesquisa, os três principais candidatos ao Palácio Iguaçu !“ Gleisi Hoffmann, Beto Richa e Requião — parecem estar embolados com uma ligeira vantagem para o senador peemedebista.

Confiante no resultado da convenção partidária e na conquista do quarto mandato para o governo do estado, Requião disse ao Blog do Esmael que voltou a receber de presente caixas de vinho. Fazia mais de três anos que não recebia esses mimos, o que, para ele, esse é um sinal de que a vitória está muito perto.

Sobre a questão da estrutura de Requião, cabe um parêntese. Além do senador, cada correligionário seu também navega os céus paranaenses com um jato. à‰ o caso de Rodrigo Rocha Loures, que vai concorrer à  Câmara, e de Marcelo Almeida, pré-candidato ao Senado.

Se a bancada estadual do PMDB já “afrouxou o sutiã” agora, imagina na Copa…

Comentários encerrados.