Por Esmael Morais

Em semana de cão, Richa e àlvaro enfrentam bate-bocas, vuvuzelas e megafones no PR; assista aos vídeos

Publicado em 06/04/2014

Tucanos tiveram uma sexta-feira de cão nas cidades do interior do Paraná; durante o dia, Richa enfrentou vuvuzelas e megafone em protestos de professores e servidores; governador também bateu boca com estudante em Umuarama; à  noitinha, senador àlvaro Dias foi expulso de universidade, em Guarapuava, quando quis falar sobre ética! aos alunos; assista aos vídeos.

Tucanos tiveram uma sexta-feira de cão nas cidades do interior do Paraná; durante o dia, Richa enfrentou vuvuzelas e megafone em protestos de professores e servidores; governador também bateu boca com estudante em Umuarama; à  noitinha, senador àlvaro Dias foi expulso de universidade, em Guarapuava, quando quis falar sobre ética! aos alunos; assista aos vídeos.

O céu não está para tucano no Paraná, pelo menos nesses últimos dias. O governador Beto Richa (PSDB) vem sendo alvo de constantes protestos no interior do Paraná. Nas três cidades que ele passou, na sexta-feira (3), foi recepcionado com faixas, barulho e muito bate-boca.

Em Rolândia, no Norte do estado, pela tarde, Richa teve de passar por manifestantes que faziam barulho com vuzuzelas e megafone. Em seu discurso no Centro Cultural da cidade, o tucano disse que “os preparativos da Copa do Mundo estavam testando as vuzuzelas” do lado de fora.

Na verdade eram professores e funcionários de escolas que o recepcionavam e cobravam o cumprimento da Lei Nacional do Piso e avisavam sobre a deflagração de greve por tempo indeterminado a partir do próximo dia 23 de abril.

O entrevero havia começado pela manhã de sexta-feira (3) em Umuarama, no Noroeste do estado, onde o governador bateu boca com o estudante de agronomia Luan Ferro, do campus da UEM, cujo vídeo foi mostrado neste blog em primeira mão (clique aqui).

Em Londrina, também no Norte, o governador foi recebido na abertura da 54!ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina (ExpoLondrina) por protesto de servidores da saúde em greve há 20 dias.

O leitor acha que já acabou? Que nada. à€ noite, em Guarapuava, na região Centro, a 250 km de Curitiba, outro tucano passava por intensos apupos. O senador àlvaro Dias foi expulso por estudantes da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), depois de palestra sobre “ética”.

Cavalaria, abaixo o choque! Cavalaria, abaixo o choque!!, gritavam os estudantes, em referência ao confronto da PM com professores em 1988, quando o tucano era governador do Paraná (clique aqui).