Por Esmael Morais

Após prisões de delegados pelo Gaeco, MP adia decisão sobre futuro de secretário da Segurança do PR

Publicado em 10/12/2013

Conselho Superior do Ministério Público do Paraná resolveu adiar o "duelo final" entre os promotores Batisti e Vasques para o próximo dia 17; nesta terça, Gaeco, que pede a cabeça do secretário da Segurança, realizou megaoperação que resultou na prisão de 15 pessoas, dentre as quais o ex-delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Vinicius Michelotto, e do delegado Geraldo Celezinski, que atuava no 5!º Distrito Policial.

Conselho Superior do Ministério Público do Paraná resolveu adiar o “duelo final” entre os promotores Batisti e Vasques para o próximo dia 17; nesta terça, Gaeco, que pede a cabeça do secretário da Segurança, realizou megaoperação que resultou na prisão de 15 pessoas, dentre as quais o ex-delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Vinicius Michelotto, e do delegado Geraldo Celezinski, que atuava no 5!º Distrito Policial.

A guerra intestina no Ministério Público do Paraná (MP) envolvendo o secretário da Segurança Pública, Cid Vasques, procurador do órgão, e o procurador Leonir Batisti, coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deverá se estender pelo menos até o próximo dia 17 de dezembro.

Nesta terça (10), o Conselho Superior do MP-PR resolveu adiar para semana que vem o julgamento do pedido de revogação da licença a Cid Vasques.

O Gaeco pede que o secretário retorne aos quadros do MP porque, segundo Batisti, como titular da pasta, Vasques estaria dificultando o combate à  corrupção ao propor o rodízio de policiais no grupo que funciona com braço do MP.

Coincidência ou não, o Gaeco deflagrou hoje pela manha uma megaoperação contra policiais civis e militares que estariam envolvidos com o jogo ilegal no caso que ficou conhecido como “mansão cassino”.

Entre os presos na investigação está o ex-delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Vinicius Michelotto, e do delegado Geraldo Celezinski, que atuava no 5!º Distrito Policial.