Leia as manchetes desta sexta

Jornais do Paraná

Gazeta do Povo: Polos regionais do PR são mais violentos que a capital

Jornal do Estado: Para se eleger, vereadores gastam até R$ 103 por voto

Jornal Metro: Arena fica para agosto de 2013

Jornal de Londrina: Uma cruzada contra o sal

Folha de Londrina: CADASTRO POSITIVO – Bom pagador terá acesso a crédito e juros reduzidos

O Paraná: Estrada do Colono volta à  pauta de discussões

Gazeta do Paraná: Aprovada construção do Terminal Sudoeste na Tancredo Neves

Jornal Hoje: Homem é executado com 58 facadas em briga com vizinho

Gazeta do Iguaçu: Mecânico morre após trocar tiros com a PM

Diário do Sudoeste: O sangue ainda ferve

Jornais de outros estados

Globo: Última fronteira !“ Tel Aviv é atingida por foguetes palestinos

Folha: Governo planeja maior aporte já feito na Infraero

Estadão: Tel-Aviv é atingida por míssil pela primeira vez em 21 anos

Correio: Explosão em ministério mata servidor da CEB

Valor: Ibama aprova megaporto de R$ 3,5 bi no Sul da Bahia

Estado de Minas: 20 minutos!¦ E o caos

Zero Hora: Três mortos em dia de reação da polícia de SC

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ào Jornal GAZETA DO POVO, face à sua manchete, em verdade, digo-lhes que os continuistas da mesmice criaram, tem, “administram” e surfam sobre a problemática, mas que tem a Mega-Solucionática é o HMM, que são o PNBC e a Meritocracia Eleitoral. Por outro lado, a nosso ver, no âmbito da política nacional, os conservadores, continuistas da mesmice, estão tentando fabricar um Obama luso-tupiniquim, mas na verdade estão criando um novo Mandela branco e brasileiro. Por outro lado, Verdade seja dita, Justiça seja feita, o fato é que, sigla partidária por sigla partidária, por mais que os adversários dos petistas e os fogos amigos tentem queimá-los e inviabilizá-los para as próximas eleições, no Brasil, ainda não existe nenhuma sigla partidária melhor e nem mais limpa do que o PT, não obstante tudo, e não me parece que o melhor caminho para derrotar o PT nas urnas, em 2014, seja esse queima-queima e mata-mata eleitoral contra petistas e sigla, que já foi parar inclusive dentro do STF, onde, ao que parece, encontrou terreno fértil para se propagar. Todavia, a nosso ver, enganam-se os que pensam que conseguirão inviabilizar o PT com vistas a 2014, enganam-se tb os que deliram em furtar a condição sedimentada, do PT, enquanto favorito para o próximo pleito, com Dilma, com Lula, ou até mesmo com um novo poste, por uma razão muito simples: partido por partido ainda não inventaram nada melhor, ou menos ruim, do que o PT, que, aliás, no Brasil, sob todos os aspectos, ainda é top line. O máximo que os inimígos do PT conseguiram até aqui, especialmente com a condenação de José Dirceu e Genoíno, foi, isto sim, condenar todo o “modello” político-partidário-eleitoral, que, na verdade, é o rei que está nú, e ardendo em chamas em praça pública, com todas as siglas na mesma fogueira, muito embora a classe político-partidária-eleitoral, a esta altura do campeonato, já esteja se comportando como avestruz e fugindo dessa constatação igual o diabo foge da cruz. Porém, doravante, o enfrentamento desse debate será inevitável. Portanto, a nosso ver, o único adversário à altura de Lula, Dilma e PT, hoje e em 2014, capaz de fazer a diferença e até derrotar o PT nas urnas, seja quem for o seu candidato, é e será o Projeto Novo e Alternativo de Nação e de Política-partidária-eleitoral, como propõe, LORIAGA LEÃO, o HoMeM do Mapa da Mina, o Novo Caminho para o Novo Brasil de Verdade, porque o resto, nos desculpem a franqueza, não passa de mais dos mesmos, ou seja, mais continuismo da mesmice, mais sofismas, mais bravatas, mais palanquismo vazio, mais estelionatos eleitorais e mais jogo de perda de tempo versus tempo perdido. E esses Fatos Novos de Verdade não são inimigos do PT e nem das demais siglas partidárias, pelo contrário, propõem a paz, o amor, o perdão, a conciliação, a união e a mobilização em torno da Mega-Solução para o nosso Brasilzão (PNBC e Meritocracia Eleitoral) e, sobretudo, para o nosso povão, que, aliás, urge virar Leão, para que,antes tarde do que nunca ( mais de 123 anos depois), possamos passar a limpo a república de Deodoro, e, com isso, fazendo da revisão da dita cuja uma grande obra democrática e popular, fazermos tb do 15 de Novembro uma data de fato importante para o povo brasileiro, a ser comemorada com 100% de entusiasmo. Portanto, HMM-Marina Silva, me parecem uma boa sugestão.