Por unanimidade, TRE sepulta candidatura de Menegusso em Campo Magro

Menegusso defenestrado.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por 6 votos a zero, na tarde desta quinta-feira (30), sepultou de vez a candidatura de Louvanir Joãozinho Menegusso (DEM) à  prefeitura de Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba.

O juiz Fernando Ferreira de Morais reformou sua decisão da semana passada, que liberava a candidatura de Menegusso, após apreciar embargos do Ministério Público Eleitoral.

O magistrado entendeu que o candidato do DEM ficou seis anos sem recorrer da condenação que sofreu por improbidade, quando era prefeito do município, e estranhou o fato de querer fazê-lo somente agora por meio de liminar.

Menegusso integra a lista dos fichas sujas! e não poderia se candidatar a nada. O ex-prefeito apareceu na lista dos inelegíveis do Tribunal de Contas do Estado (TCE) divulgada no início de junho.

O candidato do DEM, defenestrado nesta tarde pelo TRE, ainda pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas, segundo juristas, a situação é de difícil reversão depois da pá de cal recebida hoje.

Comentários encerrados.