TRE-PR nega ao PT liminar contra pesquisa “DataMoro” ao governo do Paraná

► Pesquisa Real Time vai trazer o ex-juiz Sergio Moro como principal protagonista na disputa pelo Senado e Governo do Paraná

O Partido dos Trabalhadores (PT), seção Paraná, teve liminar negada para suspender pesquisa de intenção de votos para governador e senador pelo Paraná.

[Em tempo: pressionada, a empresa de pesquisa retirou Sergio Moro da sondagem sobre a disputa pelo governo do Paraná.]

O levantamento da Real Time Big Data será divulgada na segunda-feira, dia 27 de junho, pela RICTV, afiliada à TV Record no Paraná.

O Tribunal Regional do Paraná (TRE-PR) não viu urgência nas razões alegadas pelos petistas. A saber:

► inconsistência dos dados referentes à escolaridade, que não respeitaria os dados do TSE;

► inconsistência entre os dados de escolaridade constantes da estratificação e a pergunta correspondente constante do questionário;

► violação à igualdade de gênero no levantamento, ao ser formulada pergunta quanto ao sexo do entrevistado e não ao seu gênero, ou mesmo se não quer responder essa questão;

► exclusão de pré-candidato já declarado;

► ausência de sistema interno de controle, fiscalização e conferência; e

► indução de resposta face à ausência de disco de consulta na pesquisa estimulada.

Institutos de pesquisa buscam ‘desbolsonarização’ com possibilidade de vitória de Lula no 1º turno

O PT também pedia para que a sondagem da Real Time incluísse o nome do deputado bolsonarista Filipe Barros (PL) na lista de candidatos. Segundo a representação do partido, o parlamentar já se apresenta publicamente como pré-candidato ao governo do estado do Paraná.

Em sua decisão [clique aqui para ler a íntegra], o TRE-PR não fechou de vez a janela para proibir a pesquisa chamada nos bastidores de “DataMoro”.

Ao indefeir o pedido de medida liminar, o tribunal disse que o PT poderá pleitear novamente, em procedimento próprio, após a divulgação da pesquisa.

A pesquisa Real Time vai trazer o ex-juiz Sergio Moro como principal protagonista na disputa pelo Senado e Governo do Paraná, por isso o apelido de “DataMoro”.

Clique aqui para ler as perguntas aos eleitores na Pesquisa da Real Time Big Data [DataMoro].