20 de dezembro de 2014
por Esmael Morais
48 Comentários

Richa colocou a raposa para cuidar do galinheiro, isto é, da Copel

vianna_richa.jpgA guinada à  direita do segundo mandato do governador Beto Richa (PSDB) poderá trazer sérias consequências para a Companhia de Energia do Paraná, a nossa Copel, que correrá muito risco de sucateamento e privatização nos próximos quatro anos. ... 

Leia mais

28 de novembro de 2014
por Esmael Morais
49 Comentários

Temendo greve, Beto Richa recua e promete pagar terço de férias em parcela única para professores

richa_nota_zero.jpgO governador Beto Richa (PSDB) voltou atrás ontem da decisão de parcelar o terço de férias para os professores de 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná (clique aqui). O temor era de que o calote desse força à  greve da categoria prevista para março de 2015. ... 

Leia mais

18 de novembro de 2014
por Esmael Morais
16 Comentários

Coluna do Enio Verri: Beto copia Lerner ao atacar democracia e pôr fim à  eleição para diretor de escola

richa_alep_enio.jpgEnio Verri* ... 

Leia mais

10 de novembro de 2014
por Esmael Morais
5 Comentários

Após reajustar ônibus, Fruet repete Richa: ‘o melhor está por vir’

fruet_richa_tarifa.jpgHoras depois de reunir-se na semana passada com o governador Beto Richa (PSDB), de quem se reaproxima cada vez mais, o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), anunciou para esta terça-feira reajuste de R$ 0,15 na tarifa do ônibus (clique aqui). ... 

Leia mais

7 de novembro de 2014
por Esmael Morais
3 Comentários

Fruet utiliza ‘teoria do bode’ para discutir reajuste na tarifa do ônibus

fruet_richa_tarifaA Prefeitura de Curitiba anuncia com antecedência de mais de três meses possível reajuste na tarifa do ônibus, que hoje custa R$ 2,70 aos usuários. A gestão do prefeito Gustavo Fruet (PDT) utiliza a ‘teoria do bode na sala’ para discutir esse assunto de suma importância aos curitibanos (tire o bode, e momentaneamente a sala vai nos parecer melhor). ... 

Leia mais

26 de setembro de 2014
por Esmael Morais
31 Comentários

A equiparação salarial dos professores com as demais carreiras do Estado

Ricardo Fernandes Bezerra*, especial para o Blog do Esmael

VERDADES SOBRE O SALàRIO DOS PROFESSORES

A valorização dos professores nunca foi tão respeitada quanto na gestão Requião. Podemos relacionar como os fatores mais determinantes da valorização, além do respeito, o salário, a carreira e a formação continuada.

Vamos abordar neste artigo a questão do salário dos professores. Temos alguns personagens importantes, cada um a seu tempo, que no exercício do poder no Paraná, tiveram influência neste tema tão importante para a qualidade da educação. Estamos falando do Lerner, do Richa e do Requião.

Lerner assume o governo do estado em 1995 e sob o seu governo, os professores amargaram, praticamente durante os oito anos da sua gestão, um grande arrocho salarial, sob a alegação de indisponibilidade de recursos, que não faltaram para diversos outros investimentos de necessidade e importância duvidosa.

à‰ bom não esquecer, que no segundo mandato de Lerner, o descaso com os professores chegou a ponto da gratificação de férias ser paga em parcelas mensais, isso mesmo, em parcelas como se fosse um crediário de uma loja popular e não um direito inquestionável, não só do servidor público, mas de todos os trabalhadores, previsto na legislação.

O Beto Richa fala insistentemente em seu programa eleitoral que foi o responsável pela equiparação salarial dos professores aos demais servidores do estado, o que é uma meia verdade, ou se preferir, para ser mais preciso, um quarto de verdade. Já vamos esclarecer.

Vejamos: Requião assumiu o governo do Paraná pela segunda vez em janeiro de 2003, com um difícil cenário orçamentário e financeiro, um longo e grave achatamento salarial que envolvia todos os servidores do estado, com maior impacto para os professores, pois eles tinham como agravante, o salário extremamente defasado em relação aos demais servidores públicos.

à‰ importante rememorar um pouco da história para se dar valor ao que se alcançou, e certamente os professores da educação básica do estado do Paraná lembram e podem confirmar.!  No final do governo Lerner, em 2002, o salário inicial dos professores precisava de um reajuste de 98,06% (é isso mesmo!) para se equiparar ao salário dos demais profissionais do estado que tinham como requisito de ingresso licenciatura/graduação de nível superior, como era o caso dos professores.

O salário inicial dos professores, na época, era de R$ 770,08, enquanto os demais profissionais ingressavam no estado com um salário de R$ 1.525,25.!  Vamos enfatizar, para não deixar cair em esquecimento: à  época, era necessário quase dobrar o salário inicial dos professores para equiparar ao salário dos demais profissionais do estado. Lembrem que o salário dos demais profissionais também estava arrochado

Apenas na primeira gestão do Requião, a diferença entre o salário de ingresso dos professores e dos técnicos do estado se reduziu quase à  metade.!  Em 2006, a diferença estava em 56,94%, uma aproximação em 4 anos de 41,12%.!  Requião manteve a firme política de recuperação salarial dos professores, sem descuidar da recuperação do salário dos demais servidores públicos, concedendo ao mesmo tempo contínuos aumentos salariais para todos os servidores de todas as carreiras do funcionalismo.

Agindo com responsabilidade e respeito aos professores, ao final da gestão Requião, a diferença salarial havia se reduzido para apenas 25,97%, menos da metade da diferença que havia no inicio do segundo período de governo. Em oito anos, Requião reduziu em 72% a difer Leia mais

21 de setembro de 2014
por Esmael Morais
40 Comentários

Requião: Richa vai repassar R$ 2,7 bilhões para Odebrecht cobrar pedágio mais caro que da era Lerner!

Um escândalo!, indigna-se Roberto Requião; senador publicou estudando denunciando que o governo Beto Richa (PSDB) vai repassar R$ 2,7 bilhões para a empreiteira Odebrecht vai explorar quatro praças de pedágio que terão preços maiores que na era Jaime Lerner no Anel da Integração. Segundo o candidato do PMDB ao Palácio Iguaçu, "o valor é 276% maior que o pedágio do governo federal e 9% maior que o pedágio do governo Lerner"; Cadeia é pouco para essa ratarada!, fuzila.

Um escândalo!, indigna-se Roberto Requião; senador publicou estudo denunciando que o governo Beto Richa (PSDB) vai repassar R$ 2,7 bilhões para a empreiteira Odebrecht vai explorar quatro praças de pedágio que terão preços maiores que na era Jaime Lerner no Anel da Integração. Segundo o candidato do PMDB ao Palácio Iguaçu, “o valor é 276% maior que o pedágio do governo federal e 9% maior que o pedágio do governo Lerner”; Cadeia é pouco para essa ratarada!, fuzila.

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao Palácio Iguaçu, neste domingo (21), denunciou superfaturamento na Parceira Público-Privada (PPP) para recuperação, ampliação e melhorias da PR-323 no trecho Maringá-Paiçandu-Cianorte-Umuarama-Perobal-Francisco Alves. ... 

Leia mais

16 de junho de 2014
por Esmael Morais
15 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: Fruet pode enfrentar greve do trânsito na Copa

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, conta que os trabalhadores da Urbs, através do SindiUrbano, pode decretar greve em plena Copa do Mundo; colunista desmente pioneirismo de Curitiba como "primeira" capital a locar veículos elétricos Twizy, da Renault; "...o mesmo fabricante também cedeu veículos elétricos para serem usados pela CEB (Companhia Energética de Brasília) que faz parte da Secretaria de Obras do Governo do Distrito Federal, além dos Correios", diz o especialista em trânsito e multa que também repercute opinião de Jaime Lerner acerca do metrô e da via calma! criada na Avenida Sete de Setembro pelo prefeito Gustavo Fruet; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, conta que os trabalhadores da Urbs, através do SindiUrbano, pode decretar greve em plena Copa do Mundo; colunista desmente pioneirismo de Curitiba como “primeira” capital a locar veículos elétricos Twizy, da Renault; “…o mesmo fabricante também cedeu veículos elétricos para serem usados pela CEB (Companhia Energética de Brasília) que faz parte da Secretaria de Obras do Governo do Distrito Federal, além dos Correios”, diz o especialista em trânsito e multa que também repercute opinião de Jaime Lerner acerca do metrô e da via calma! criada na Avenida Sete de Setembro pelo prefeito Gustavo Fruet; leia o texto e compartilhe.

Marcelo Araújo* ... 

Leia mais

9 de maio de 2014
por Esmael Morais
85 Comentários

Richa deverá enfrentar inédita greve na Polícia Militar; assista ao vídeo

O jornal Gazeta do Paraná, de Cascavel, edição desta sexta (9), revela que está sendo preparada uma inédita greve na Polícia Militar; coronel Elizeo Furquim, presidente da Amai, diz que o movimento é por salário, condições de trabalho e melhoria no atendimento da saúde; Richa já conseguiu a proeza, depois de 14 anos, colecionar uma grevezinha! na educação; será que o tucano agora vai propiciar uma greve na PM ou vai atender a justa reivindicação dos policiais?; último movimento dos PMs, através de suas esposas, ocorreu no governo Lerner, em 2001, quando o Batalhão de Choque interveio; na época, as mulheres foram à s lágrimas diante da agressão televisionada; assista ao vídeo.

O jornal Gazeta do Paraná, de Cascavel, edição desta sexta (9), revela que está sendo preparada uma inédita greve na Polícia Militar; coronel Elizeo Furquim, presidente da Amai, diz que o movimento é por salário, condições de trabalho e melhoria no atendimento da saúde; Richa já conseguiu a proeza, depois de 14 anos, colecionar uma grevezinha! na educação; será que o tucano agora vai propiciar uma greve na PM ou vai atender a justa reivindicação dos policiais?; último movimento dos PMs, através de suas esposas, ocorreu no governo Lerner, em 2001, quando o Batalhão de Choque interveio; na época, as mulheres foram à s lágrimas diante da agressão televisionada; assista ao vídeo.

Depois de debelar uma “grevezinha” de educadores que durou uma semana, no mês de abril, o governador Beto Richa (PSDB) poderá agora encarar uma inédita greve na Polícia Militar. Havia 14 anos que não ocorria greve na educação. A última manifestação de policias e de suas esposas ocorreu há 13 anos, ambos os fatos no governo Jaime Lerner. ... 

Leia mais

2 de maio de 2014
por Esmael Morais
32 Comentários

Absolvido e de ficha limpa, Jaime Lerner pensa voltar à  Prefeitura de Curitiba em 2016

Correligionários do ex-governador Jaime Lerner já trabalham com a hipótese de candidatura à  Prefeitura de Curitiba em 2016; ele foi prefeito da capital em três oportunidades e comandou o Palácio Iguaçu por dois mandatos; semana passada, o Tribunal de Justiça absolveu Lerner da acusação de improbidade administrativa e devolveu-lhe a ficha limpa, portanto, se cuida prefeito Gustavo Fruet... Lerner vem aí!

Correligionários do ex-governador Jaime Lerner já trabalham com a hipótese de candidatura à  Prefeitura de Curitiba em 2016; ele foi prefeito da capital em três oportunidades e comandou o Palácio Iguaçu por dois mandatos; semana passada, o Tribunal de Justiça absolveu Lerner da acusação de improbidade administrativa e devolveu-lhe a ficha limpa, portanto, se cuida prefeito Gustavo Fruet… Lerner vem aí!

O ex-governador Jaime Lerner conseguiu reverter na semana passada condenação da 4!ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) por improbidade administrativa. Em agosto do ano passado, uma sentença judicial determinou que ele pagasse indenização ao Estado no valor de R$ 4,3 milhões, devidamente corrigidos, além de lhes cassar os direitos políticos e determinar outras sanções (clique aqui). ... 

Leia mais

23 de abril de 2014
por Esmael Morais
163 Comentários

Depois de 14 anos, educadores entram hoje em greve no Paraná

Cerca de 100 mil educadores entraram em greve nesta quarta-feira, dia 23 de abril, por tempo indeterminado, contra calotes do governo Beto Richa (PSDB) que vem descumprindo a Lei Nacional do Piso e acordos firmados com a APP-Sindicato.

A educação deverá paralisar atividades nas 2,1 mil escolas da rede pública no estado e, consequentemente, 2,3 milhões de alunos ficarão sem aula a partir de hoje. A última greve na educação ocorreu em 2000, há quatorze anos, ainda no governo Jaime Lerner (DEM).

Pela Fanpage do Blog do Esmael, no Facebook (clique aqui), o leitor poderá acompanhar online os detalhes do alvoroço paredista. Basta curtir e assinar o feed da página para receber as atualizações das notícias gratuitamente em seu navegador.

O primeiro dia de paralisação deverá ser tenso nas escolas e no Palácio Iguaçu que, a partir das 10 horas desta quarta, receberá um acampamento de professores e funcionários de escola grevistas. Também há guerra psicológica contra o magistério paranaense, que eu relato abaixo.

Em uma tentativa “desesperada” de desmobilizar a categoria, a Secretaria de Estado da Educação (SEED), em comunicado à s escolas, ameaçou ontem professores contratados em regime PSS e profissionais em estágio probatório “caso haja falta por mais de sete dias consecutivos”.

O sindicato promete levar o conteúdo do e-mail da SEED à s barras da Justiça, haja vista o direito de greve ser um direito consagrado aos trabalhadores pela Constituição Federal.

Um diretor de escola que pediu para não ser identificado comentou as ameaças do governo Richa:

“Não dá nem para acreditar, mas nos dias de hoje ainda estamos sendo acuados e ameaçados. Mal pude acreditar quando vi um e-mail que veio para a escola onde trabalho, cujo um dos conteúdos era com relação ao professor PSS, caso falte mais de sete dias consecutivos terá o contrato rescindido. No caso de quem estiver em estágio probatório um dos quesitos avaliados é assiduidade para que seja efetivado no cargo. O Estado usando a lei como lhe convém para coagir seus funcionários”, protestou o gestor.

Acerca da greve

O magistério deflagrou a greve porque o governo Beto Richa (PSDB) não cumpriu a palavra dada em negociações (a exemplo da não implementação dos 33% de hora-atividade no início do ano letivo de 2014) e adotou medidas que punem a categoria (como os descontos no auxílio-transporte).

Os educadores ainda cobram R$ 100 milhões relativos a avanços e progressões não pagos e o cumprimento da Lei Nacional do Piso, que prevê reajuste de 10,6% nos salários deste ano.

A seguir leia, os 13 pontos de pauta reivindicados pela APP-Sindicato:

1. 33% de hora-atividade – Nossa reivindicação histórica para a hora-atividade é de 50%. Queremos sua ampliação imediata para 33% e assim progressivamente. A hora-atividade tem que ser aplicada conforme a Lei 11.738/2008 (PSPN) a todos(as) os(as) professores(as) da rede, obedecendo a regulamentação da carreira de hora-aula de 50 minutos.

2. Piso Nacional – Este ano, foi anunciado, pelo Ministério da Educação (MEC), o índice de 8,32% de reajuste do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN). A APP defende, porém, que o índice a ser aplicado seja o de 10,6%, defendido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

3. Reajuste dos(as) funcionários(as) – Queremos que o reajuste nos salários dos funcionários(as) de escola este ano seja conforme o índice do Piso Regional de 7,34%.

4. Pagamento de avanços em atraso – O governo deve mais de R$ 100 milhões aos(à s) professores(a Leia mais

9 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
18 Comentários

Veja essa: Taniguchi, secretário de Richa, leva calote de US$ 450 mil de empresários paraguaios

Parece piada pronta, mas não é. O secretário de Estado de Planejamento do Paraná, Cássio Taniguchi, braço direito do governador Beto Richa (PSDB), levou um calote de US$ 450 mil de empresários privados do Ciudad Del Este, no Paraguai.

Taniguchi é um dos principais ideólogos no governo tucano que defende o calote em fornecedores, paralisação de obras e descumprimento de acordos com os servidores públicos para resolver a crise financeira do estado.

à‰ o típico caso do feitiço se voltando contra o feiticeiro.

Segundo o site Foz Notícias, citando o diário paraguaio “Vanguardia” (clique aqui), Taniguchi teria usado sua fama de ex-prefeito de Curitiba e de urbanista para vender seu peixe aos paraguaios.

Coincidência ou não, os empresários paraguaios alegam a mesma coisa que o governo do Paraná alega quando dá calote na praça: “crise financeira”.

O site iguaçuense afirma que a Aliança Público-privado! contratou o secretário de Richa para fazer o Plano Diretor de Desenvolvimento de Ciudad Del Este, cidade paraguaia que faz fronteira com Foz do Iguaçu (PR). Detalhe: até agora nada pagou. Deu calote.

Moral da história: aqui se faz, aqui se paga.

Leia a matéria de Digão Monzon, site Foz Notícias:

Calote à  Paraguaia !“ Tanigushi espera pagamento de U$ 450 mil

Parece que a maré de azar do Secretário Cassio Tanigushi está de volta. Segundo o jornal paraguaio Vanguardia! o ex-prefeito de Curitiba levou um calote de U$ 450 mil de empresários de Ciudad Del Este, que parecem não estar preocupados com a dívida.

Tanigushi usou de sua fama de urbanista para vender seu peixe, e foi contratado por uma Aliança Público-privado! para fazer o Plano Diretor de Desenvolvimento de Ciudad Del Este, cidade paraguaia que faz fronteira com Foz do Iguaçu (PR).

A empresária Natalia Rodriguez Chan, de Ciudad Del Est, explica que o setor privado seria responsável por pagar Tanigushi. Ainda não juntamos esse dinheiro. Tampouco queremos incomodar os empresários com isso agora, pois o comércio está em crise. Por isso vamos deixar esse Plano Diretor de lado por enquanto! disse Chan, que é a atual Presidente da Associação de Desenvolvimento Comercial em entrevista para o Diário Vanguardia.

Tanigushi já ocupou os microfones da mídia paraguaia para divulgar as maravilhas que seriam realizadas no centro comercial da cidade que também é famosa pela confusão de suas ruas e aglomero de pessoas.

Leia mais

3 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
15 Comentários

Lerner reúne crias políticas, Fruet e Richa, em evento da ACP

Este blog vem mostrando, há dias, certa sintonia fina entre Richa e Fruet; ontem, porém, fizeram teste de DNA e comprovaram serem filhos políticos de Jaime Lerner; prefeito e governador veneraram o homem considerado o pior governador que o Paraná já teve; talvez seja desbancado pelo tucano em breve; ex-governador foi homenageado pela Associação Comercial do Paraná, antro do conservadorismo e vanguarda do atraso no estado, no decadente Clube Curitibano.

Este blog vem mostrando, há dias, certa sintonia fina entre Richa e Fruet; ontem, porém, fizeram teste de DNA e comprovaram serem filhos políticos de Jaime Lerner; prefeito e governador veneraram o homem considerado o pior governador que o Paraná já teve; talvez seja desbancado pelo tucano em breve; ex-governador foi homenageado pela Associação Comercial do Paraná, antro do conservadorismo e vanguarda do atraso no estado, no decadente Clube Curitibano.

A Associação Comercial do Paraná (ACP), antro do conservadorismo e do atraso, concedeu ontem (2) a Comenda Barão do Serro Azul ao ex-prefeito de Curitiba e ex-governador do Paraná Jaime Lerner. ... 

Leia mais

20 de novembro de 2013
por Esmael Morais
21 Comentários

CPI do Pedágio afrouxa o sutião de vez: ‘sem quebra de sigilos’

Xerifes da CPI do Pedágio não veem necessidade de quebrar sigilos das pedagiadoras, que, de acordo com estudo técnico do Crea, vêm roubando há 15 anos os usuários das rodovias privatizadas; no final deste ano, segundo um parlamentar ouvido pelo blog, haverá uma grande pizza para comemorar o resultado das "investigações"; script seria parecido com o de 1998, quando Lerner "baixou" a tarifa para reajustá-la depois de reeleito; para se dizer séria CPI precisaria colocar em seu relatório final a proposta de encampação da administração de suas estradas pelo Estado.

Xerifes da CPI do Pedágio não veem necessidade de quebrar sigilos das pedagiadoras, que, de acordo com estudo técnico do Crea, vêm roubando há 15 anos os usuários das rodovias privatizadas; no final deste ano, segundo um parlamentar ouvido pelo blog, haverá uma grande pizza para comemorar o resultado das “investigações”; script seria parecido com o de 1998, quando Lerner “baixou” a tarifa para reajustá-la depois de reeleito; para se dizer séria CPI precisaria colocar em seu relatório final a proposta de encampação da administração de suas estradas pelo Estado.

O presidente da CPI do Pedágio, deputado Nelson Luersen (PDT), afirmou que não vê motivos para pedir a quebra dos sigilos fiscal, telefônico e bancários das concessionárias que exploram 27 praças de pedágio nas rodovias do estado. ... 

Leia mais

14 de novembro de 2013
por Esmael Morais
87 Comentários

Requião diz em entrevista que vai reconstruir o Paraná destruído por Richa; ouça o áudio

Em entrevista na rádio Banda B, de Curitiba, Requião não deu refresco ao governador do PSDB; Richa é um sujeito bacana. Cabelo sempre bem cortado, bronzeado ou pelo Sol das praias ou pelas lâmpadas artificiais. Ele veste bem, com roupas de grife, mas não tem muito apetite para governar. Ele teria grande sucesso como apresentador de baile de debutante, mas como governador não vai bem!, fuzilou o senador, que fez questão de ressaltar a palavra ausência de governo!; peemedebista sugeriu que vai reconstruir o que foi destruído pelo governador Beto Richa ao dizer que já fez isso antes [reconstruir o Estado] quando sucedeu Jaime Lerner; ouça o áudio.

Em entrevista na rádio Banda B, de Curitiba, Requião não deu refresco ao governador do PSDB; Richa é um sujeito bacana. Cabelo sempre bem cortado, bronzeado ou pelo Sol das praias ou pelas lâmpadas artificiais. Ele veste bem, com roupas de grife, mas não tem muito apetite para governar. Ele teria grande sucesso como apresentador de baile de debutante, mas como governador não vai bem!, fuzilou o senador, que fez questão de ressaltar a palavra ausência de governo!; peemedebista sugeriu que vai reconstruir o que foi destruído pelo governador Beto Richa ao dizer que já fez isso antes [reconstruir o Estado] quando sucedeu Jaime Lerner; ouça o áudio.

Como foi antecipado ontem pelo blog, o senador Roberto Requião (PMDB) desceu o sarrafo hoje pela manhã no governador Beto Richa (PSDB) durante entrevista ao jornalista Adilson Arantes, na Rádio Banda B, de Curitiba. ... 

Leia mais

2 de novembro de 2013
por Esmael Morais
21 Comentários

Consultor da ONU quer “cassar” título de “Capital Ecológica” de Curitiba

Biólogo José Roberto Borghetti, consultor da Organização das Nações Unidas (ONU) para Agricultura e Alimentação (FAO), em entrevista a este blogueiro, falou sobre sua recém-lançada obra A integração das àguas !“ revelando o verdadeiro Aquífero Guarani!; especialista sugere que organismos internacionais cassem o título Curitiba Capital Ecológica!, concebido pela marquetagem da gestão do então prefeito Jaime Lerner, nos anos 90, até que rios da cidade sejam completamente despoluídos; depois do rio Tietê, em São Paulo, rio Iguaçu, que corta a capital paranaense, é o mais poluído do país; leia o artigo.

Biólogo José Roberto Borghetti, consultor da Organização das Nações Unidas (ONU) para Agricultura e Alimentação (FAO), em entrevista a este blogueiro, falou sobre sua recém-lançada obra A integração das àguas !“ revelando o verdadeiro Aquífero Guarani!; especialista sugere que organismos internacionais cassem o título Curitiba Capital Ecológica!, concebido pela marquetagem da gestão do então prefeito Jaime Lerner, nos anos 90, até que rios da cidade sejam completamente despoluídos; depois do rio Tietê, em São Paulo, rio Iguaçu, que corta a capital paranaense, é o mais poluído do país; leia o artigo.

por Jose Roberto Borghetti* ... 

Leia mais

29 de outubro de 2013
por Esmael Morais
19 Comentários

Dilma elogia ex-prefeito Lerner

Presidenta Dilma elogiou nesta terça Jaime Lerner durante anúncio de verbas para metrô e ampliação do BRT (ligeirinho) em Curitiba; ex-prefeito, considerado o pior governador que o Paraná já teve, é uma espécie de guru espiritual e político do prefeito Gustavo Fruet.

Presidenta Dilma elogiou nesta terça Jaime Lerner durante anúncio de verbas para metrô e ampliação do BRT (ligeirinho) em Curitiba; ex-prefeito, considerado o pior governador que o Paraná já teve, é uma espécie de guru espiritual e político do prefeito Gustavo Fruet.

O ex-governador do Paraná e ex-prefeito de Curitiba, Jaime Lerner, foi homenageado pela presidenta Dilma Rousseff nesta terça (29) durante anúncio de recursos federais para obras de mobilidade urbana. ... 

Leia mais

2 de outubro de 2013
por Esmael Morais
64 Comentários

Requião diz que professores eram mais felizes em seu governo

O senador Roberto Requião (PMDB) escolheu a comparação como método para provar, segundo ele, que seu governo foi melhor do que está sendo o de Beto Richa (PSDB) para a educação pública. Para o ex-governador, os professores eram muito mais felizes na sua gestão.

Requião observa que os professores da rede estadual de ensino do Paraná estão na expectativa pelo pagamento, na próxima sexta-feira (04), da folha complementar para dar início à  amortização de quase R$ 50 milhões de dívida aos professores e funcionários da educação. O pagamento deveria ter ocorrido no último dia 13 de setembro, mas não aconteceu.

O senador recorda que priorizou no seu mandato como governador (2003-2010) a área da educação, “ao contrário do que acontece agora, no atual administração”. Requião disse elevou para 30% os gastos do orçamento com educação e conseguiu modernizar o ensino e corrigir distorções salariais históricas.

Com os aumentos propiciados, continua o peemedebista, um professor da rede estadual de ensino, em início de carreira e com jornada de 40 horas semanais, conquistou remuneração básica 160% superior à  remuneração do governo Lerner.

Em 2010, último ano da gestão, Requião lembra que a remuneração básica de um professor recém-contratado era de R$ 2.001,78 (sendo R$ 1.549,70 de vencimento + R$ 452,08 de auxílio transporte). Ao final de carreira, pode chegar a remuneração básica de R$ 5.918,85 (sendo R$ 5.396,77 de vencimento + R$ 452,08 auxílio transporte), mais vantagens pessoais, como adicional por tempo de serviço.

Ameaça de greve

Caso o governador Beto Richa não pague os valores prometidos, os educadores ameaçam montar acampamento em frente ao Palácio Iguaçu, nos dias 7 a 9 de outubro, e haverá greve por tempo determinado, nos dias 10 e 11. As recepções ao governador durante os seus compromissos em todo o Estado estão mantidas.

A APP-Sindicato também está elaborando um estudo sobre o cabimento de ação judicial para cobrar do governo, com juros, o atrasado das promoções e progressões. A dívida é composta por valores relativos à  implementação do Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN) do magistério, ao pagamento de promoções e progressões de carreira que se acumulam há mais de u Leia mais

1 de outubro de 2013
por Esmael Morais
22 Comentários

Lerner dá “olé” na CPI do Pedágio

Ex-governador Jaime Lerner deu "olé" nos membros da CPI do Pedágio nesta terça; "Não discordamos de se ter pedágio. O que discordamos é do preço abusivo do pedágio e das obras que não foram feitas", aliviou o deputado Nelson Luersen, presidente da comissão de investigação; concessionárias buscam novo acordo para reduzir tarifas em 10% e alongar contratos para mais 10 anos.

Ex-governador Jaime Lerner deu “olé” nos membros da CPI do Pedágio nesta terça; “Não discordamos de se ter pedágio. O que discordamos é do preço abusivo do pedágio e das obras que não foram feitas”, aliviou o deputado Nelson Luersen, presidente da comissão de investigação; concessionárias buscam novo acordo para reduzir tarifas em 10% e alongar contratos para mais 10 anos.

O ex-governador Jaime Lerner colocou no “bolso” os membros da CPI do Pedágio, nesta terça (1), durante depoimento como convidado na Assembleia Legislativa do Paraná.  ... 

Leia mais

1 de outubro de 2013
por Esmael Morais
11 Comentários

Jaime Lerner depõe na CPI do Pedágio

Ex-governador Jaime Lerner, que instituiu a concessão das rodovias paranaenses, está depondo nesta terça na CPI do Pedágio na Assembleia Legislativa; comissão quer detalhes de aditivos nos contratos; parlamentares estudam sugerir que o Estado encampe as 27 praças de cobrança no Paraná. Foto: Aniele Nascimento/Agência de Notícias Gazeta do Povo e divulgação (praça de pedágio).

Ex-governador Jaime Lerner, que instituiu a concessão das rodovias paranaenses, está depondo nesta terça na CPI do Pedágio na Assembleia Legislativa; comissão quer detalhes de aditivos nos contratos; parlamentares estudam sugerir que o Estado encampe as 27 praças de cobrança no Paraná. Foto: Aniele Nascimento/Agência de Notícias Gazeta do Povo e divulgação (praça de pedágio).

O ex-governador Jaime Lerner está depondo na manhã desta terça (1) na CPI do Pedágio na Assembleia Legislativa do Paraná. ... 

Leia mais