Lula amplia a frente ampla com o tucano Aloysio Nunes Ferreira | Apex

O presidente Lula (PT), em conjunto com o presidente da Apex, Jorge Viana, anunciou o ex-chanceler e ex-ministro da Justiça Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) no escritório da agência em Bruxelas. Na prática, Lula vem ampliando ainda mais a frente ampla com a adesão de tucanos ao governo.

O anúncio aconteceu após uma reunião no Palácio do Planalto, onde Aloysio Nunes Ferreira se encontrou não só com o presidente, mas também com o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Geraldo Alckmin (PSB), ao qual a Apex está vinculada. Uma jogada estratégica que promete agitar as águas da política nacional nas vésperas do Carnaval.

Aloysio, anteriormente à frente da SP Negócios, ligada à prefeitura de São Paulo, confirmou sua aceitação para o novo cargo na Apex. Em suas redes sociais, agradeceu ao apoio recebido dos funcionários da agência e do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB). “Graças a eles, a agência conheceu um extraordinário desenvolvimento, cumprindo sua missão de apoiar empresas exportadoras e atrair investimentos para nossa cidade”, declarou.

A nomeação de Aloysio Nunes para um papel estratégico em Bruxelas levanta questões sobre os movimentos políticos de Lula. Será que esta jogada é parte de uma estratégia mais ampla, visando fortalecer laços comerciais e políticos do Brasil na Europa? No entanto, as especulações estão em alta, e a movimentação nos bastidores promete ser intensa nos próximos meses.

Note, porém, caro leitor, que Lula abateu dois coelhos com uma única cajadada. O presidente fortaleceu seu governo e ainda retirou mais um quadro político da base de sustentação de Ricardo Nunes, candidato apoiado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) na disputa pela estratégica Prefeitura de São Paulo.

Economia

Antes, o petista “confiscou” a ex-prefeita Marta Suplicy da gestão Nunes para compor chapa com Guilherme Boulos (PSOL). Ela era secretária Municipal de Relações Internacionais de SP.

Aloysio, Alckmin e Viana aguardam audiência com Lula. Foto: Apex.

O cenário político brasileiro, sempre repleto de reviravoltas, nos presenteia com mais um capítulo inesperado. A nomeação de Aloysio Nunes Ferreira para a Apex em Bruxelas adiciona uma camada intrigante aos bastidores políticos, deixando-nos ansiosos por desdobramentos futuros. Resta agora observar como essa jogada estratégica impactará as relações internacionais do Brasil e a dinâmica política em casa.

Aloysio Nunes Ferreira foi ministro das Relações Exteriores no governo de Michel Temer (MDB). Tucano histórico, em 2022, ele declarou voto em Lula e em Fernando Haddad, para presidente e para governador de São Paulo, respectivamente, contra o bolsonarismo.

Será que o PSDB ingressará oficialmente de mala e cuia no governo, a despeito da ainda tímida participação de alguns tucanos em cargos estratégicos? A conferir.

Quem é Aloysio Nunes Ferreira

Aloysio Nunes Ferreira Filho, 79 anos, é advogado, procurador do Estado e cientista político brasileiro. É filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). 

Foi vice-governador de São Paulo, senador pelo mesmo estado, ministro da Justiça e ministro das Relações Exteriores do Brasil. 

Foi deputado estadual em duas legislaturas (1983/1987 e 1987/1991), pelo PMDB. 

Militou no MDB desde a sua fundação, em 1966. Exilou-se em 1968, retornando ao Brasil em 1979.

Antes, porém, Aloysio era filiado ao PCB, agremiação que se opunha à resistência armada contra a ditadura militar que se instalara desde 1964 no Brasil. Por causa disso, Aloysio Nunes ingressou na Ação Libertadora Nacional (ALN), organização guerrilheira liderada por Carlos Marighella e Joaquim Câmara Ferreira, o Toledo.

Na clandestinidade assumiu o pseudônimo Mateus.

2 Replies to “Lula amplia a frente ampla com o tucano Aloysio Nunes Ferreira | Apex”

  1. Considero muito importante essas alianças, sobretudo para ampliar o apoio ao Governo Lula, ampliar a base de apoio no Congresso, que ainda não é a desejável para garantir uma governabilidade sustentável. Porém, deve ser acompanhada de fidelidade, sem contudo sufocar o apoio. Precisa ser autêntico e decente.
    Arthur Lira é o grande chantageador da República, um canalha. É preciso conter esse verme.

  2. É preciso ampliar mesmo a frente ampla, o fantasma do Bozosatanás está solto e livre dançando a dança do “dar um bicudo na cara do cão” cão são eles na verdade.
    O fantasma do Bozosatanas, o filhote de satanás, está por ai tentando implantar um ditadura milico, miliciana, pentecostal sanguinária e cruel no Brasil, na realidade o Bozo faz um ótimo trabalho para seu chefe satanás pois está levando muitos para sentar no colo do sulfuroso que cheira enxofre.
    É preciso união de todos!

Comments are closed.